Nossa Gente

Seu novo portal de notícias em Prudentópolis e região

Sicredi tem aumento de 53% no financiamento a pequenos agricultores nos três primeiros meses de Plano Safra

21 de novembro de 2022 às 15:03
Liberação via Pronaf totalizou R$ 5,8 bilhões no período e por CPR apresentou recorde de R$ 3,7 bilhões, crescimento de 238%

O Sicredi, instituição financeira cooperativa com mais de 6 milhões de associados e presença em todos os estados brasileiros e no Distrito Federal, disponibilizou no primeiro trimestre do Plano Safra 22/23 mais de R$ 5,8 bilhões à agricultura familiar por meio do Pronaf (Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar). O total de crédito liberado pelo programa foi 53% maior em comparação ao mesmo período anterior.

“Os números mais uma vez atestam toda a atenção que temos com o público agro, em especial com os pequenos produtores, que são fundamentais para a cadeia do segmento no país. Somos parceiros do agro há mais de um século e temos muito orgulho de sermos a segunda instituição financeira do país que mais financia a atividade do setor”, afirma o superintendente de agronegócio do Sicredi, Luis Henrique Veit.

Durante o primeiro trimestre do Plano Safra 22/23 Sicredi foram realizadas 86,6 mil operações de crédito via Pronaf, o que representa um aumento de 17% em relação à safra anterior.

Além do Pronaf, a liberação de títulos CPR (Cédula de Produto Rural) tem tido um desempenho recorde na Safra 22/23, com uma liberação superior a R$ 3,8 bilhões, representando um crescimento de mais de 245% em comparação ao mesmo período da safra anterior. Do total nesta safra, aproximadamente 2 mil operações são originárias da CPR Fácil, uma solução que nasceu em abril de 2021 e já conta com uma carteira de mais de R$ 150 milhões liberados, levando para os produtores rurais um produto Agro 100% digital.

Os resultados expressivos estão alinhados ao bom desempenho do Sicredi na liberação geral de crédito no 1TRI do Plano Safra 22/23, que foi mais de R$ 17,6 bilhões. O total de liberação é de 31% superior ao registrado na safra passada.

(Matéria: Assessoria; Foto: Pixabay/Ilustrativa).