Nossa Gente

Seu novo portal de notícias em Prudentópolis e região

Município de Fernandes Pinheiro adere ao Sistema Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional

22 de novembro de 2022 às 09:03
Com 213 municípios no Sisan, o Paraná é responsável por 40% do sistema. O objetivo é encontrar formas de produzir, reaproveitar e distribuir alimentos de forma mais sustentável e estruturada para a redução da fome.

 

Mais quatro municípios aderem ao Sistema Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional

Com mais quatro adesões municipais ao Sistema Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional (Sisan), o Paraná alcança a participação de 40% entre todos os municípios brasileiros no programa.

O objetivo é encontrar formas de produzir, reaproveitar e distribuir alimentos de forma mais sustentável e estruturada, somando esforços do Poder Público, entidades privadas e terceiro setor para a redução da fome.

Os municípios de Fernandes Pinheiro, Piraquara, Ponta Grossa e Tijucas do Sul são os novos integrantes. Os prefeitos receberam o certificado durante a abertura da reunião plenária do Conselho Estadual de Segurança Alimentar e Nutricional (Consea), que acontece entre esta segunda-feira (21) e terça-feira (22) no Mercado Municipal, em Curitiba.

“Reafirmamos o compromisso do Governo do Estado de construir uma política importante de segurança alimentar e nutricional”, afirmou o secretário de Estado da Agricultura e do Abastecimento, Norberto Ortigara. “Não é só fazer mais e melhor do mesmo, precisamos inovar, pensar em coisas novas que possam cooperar para o enfrentamento da fome no território paranaense”.

Segundo ele, o mundo exige um pouco mais de atenção com vistas à sustentabilidade. “Precisamos construir um ambiente cada vez mais sustentável de produção se quisermos abastecer o nosso município, o nosso Estado, o nosso País e termos a presença forte e grandiosa no mundo, que é o nosso caminho”, afirmou.

Mesmo diante da pandemia, o Paraná manteve intacta a estrutura de funcionamento do Sistema de Segurança Alimentar e Nutricional, com a reestruturação e fortalecimento do Consea e da Câmara Intersecretarial de Segurança Alimentar e Nutricional (Caisan), promoveu a Conferência de Segurança Alimentar e Nutricional tanto na etapa estadual quanto nas regionais, além de apoiar a realização das conferências.

PARCERIA – A presidente do Consea Paraná, Roseli Pitner, destacou a boa parceria desenvolvida no Estado, com municípios e, particularmente, com o Ministério Público.

“A fome no Brasil é uma injustiça muito cruel e sabemos que atinge de forma mais grave setores historicamente mais marginalizados”, disse. Por isso, ponderou que o problema precisa de políticas estruturantes. “O Estado brasileiro tem obrigações de respeitar, proteger, promover e prover a alimentação da população”.

Sua fala foi complementada pelo procurador de Justiça, Olympio de Sá Sotto Maior Neto. “Melhores dias virão para isso, por isso a importância dessa articulação e a certeza de que será restabelecido o Conselho Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional”, acentuou. “O Ministério Público compareceu a esta reunião com muita alegria e se coloca à disposição, como dever institucional, de ter influência positiva nessa área”.

O presidente da Associação dos Municípios do Paraná (AMP), Júnior Weiller, também ressaltou a boa parceria com o Estado e o Ministério Público. “Uma cidade sustentável e inteligente só consegue atingir totalmente isso quando todos os entes estão incluídos no processo, e o ente principal é a população, os munícipes.

Essa luta do Paraná precisa ser constante, pois somos celeiro do Brasil e é inadmissível que ainda tenhamos pessoas em vulnerabilidade e, principalmente, passando fome”, disse.

CONSELHO – O Conselho Estadual de Segurança Alimentar e Nutricional (Consea) é um espaço de articulação entre o Governo do Paraná e a sociedade civil organizada.

É órgão de assessoramento ao governador, que objetiva propor diretrizes e prioridades da Política e do Plano Estadual de Segurança Alimentar e Nutricional no Paraná.

PRESENÇAS – Estiveram presentes na plenária a prefeita de Ponta Grossa, Elizabeth Silveira Schmidt; a prefeita de Fernandes Pinheiro, Cleonice Kufener Schuck; o prefeito de Piraquara, Josimar Froes; o vice-prefeito de Tijucas do Sul, Claudemir Pereira; a deputada estadual Luciana Rafagnin; o secretário estadual do Consea, Valdenir Veloso; a chefe do Departamento de Segurança Alimentar e Nutricional da Seab, Márcia Stolarski; e o chefe do Núcleo Regional da Seab em Curitiba, João Carlos Rocha Almeida.