Navio com 2 mil turistas chega a Paranaguá e pode colocar Paraná na rota de cruzeiros

19 de dezembro de 2022 às 08:51

O Porto de Paranaguá recebeu neste domingo (18) o navio de cruzeiros MSC Armonia. A embarcação atracou no berço 215. A parada turística é um teste para inserir o terminal paranaense na escala fixa dessa e de outras linhas das embarcações de passageiros.

Com cerca de 275 metros de comprimento, 29 de largura e 54 metros de altura, a embarcação saiu de Itajaí, Santa Catarina, e entrou na Baía de Paranaguá por volta das 5h. Às 7h, já estava atracando no porto paranaense.

Com capacidade máxima para até 2.520 passageiros e 780 tripulantes, nesta viagem o MSC Armonia trazia a bordo 2.100 passageiros e 600 tripulantes. Desse total, 80% desceram para conhecer Paranaguá e os atrativos da região.

A expectativa é que os passageiros e tripulantes que desembarcaram retornem até as 18h. A previsão é que o navio zarpe ainda neste domingo (18), por volta das 20h. De Paranaguá, o cruzeiro segue para Rio de Janeiro, Ilha Grande (RJ) e Ilhabela (SP).

“Essa é a atracação da maior escala de navios de passageiros que já recebemos aqui no Porto de Paranaguá. A ação integra um programa de Estado cujo objetivo é atrair e fomentar o turismo na região”, disse o diretor-presidente da Portos do Paraná, Luiz Fernando Garcia.

A escala teste, como explica o gestor, é uma etapa preparatória. “Certamente Paranaguá, e o Paraná, estará na rota dos maiores cruzeiros que circulam na costa brasileira em breve”, afirmou.

Para o secretário de Estado da Infraestrutura e Logística do Paraná, Fernando Furiatti, essa parada turística é importante para todo o Paraná. “Mostra que a infraestrutura do Paraná é eficiente não apenas para cargas, mas também acolhe, muito bem, os passageiros que vêm visitar nosso Litoral”, disse.

ENGAJAMENTO  A inserção de Paranaguá na rota dos cruzeiros pela costa brasileira é fundamental para o desenvolvimento do segmento no País. É o que afirma Marco Ferraz, presidente executivo da Associação Brasileira de Navios de Cruzeiros (Clia Brasil). “Temos apenas cinco portos de embarque e 15 destinos no Brasil.

O Paraná, geograficamente, está muito próximo dos principais portos de embarque – Santos e Rio de Janeiro – e pode se tornar um grande destino e um grande ‘homeport’”, disse.

Um “homeport” é um local, um porto de embarque, que oferece a possibilidade de os passageiros chegarem antes, visitar a localidade, viajar de navio, voltar e ainda conhecer um pouco mais.

“Temos dados que mostram que passageiros que moram até 500 ou 600 quilômetros de distância do embarque tendem a ir de carro até esses locais. Então podemos pegar, no arco de Paranaguá, São Paulo, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Oeste do Paraná… É um potencial grande”, completou.

MSC – Para que essa escala acontecesse, foram anos de preparação e engajamento com Estado e o município de Paranaguá, segundo explica a diretora de operações da MSC no Brasil, Márcia Leite. “Paranaguá sempre esteve em nosso radar. A MSC está buscando novos destinos. O Brasil tem uma costa enorme, mas são poucos os lugares onde podemos operar com navios maiores”, disse.

Após essa escala teste em Paranaguá, a empresa faz um relatório, encaminha para a matriz, com a análise do comandante e de toda a equipe operacional, antes de consolidar a parada.

“Fomos muito bem recebidos, com toda estrutura. Acredito, sim, que futuramente possamos escalar em Paranaguá e colocar a região no destino dos navios”, garantiu.

TURISMO – Para o diretor-presidente da Paraná Turismo, Irapuã Cortes Santos, essa nova escala consolida o Paraná como destino turístico dos grandes navios de passageiros que fazem suas temporadas no Brasil. “É importante para começarmos a entender todo esse turismo como atividade econômica”, afirmou. “É realmente um teste para nosso receptivo aqui do Litoral”.

Segundo ele, os passageiros que desembarcaram em Paranaguá para conhecer a região têm à disposição, além desse município, Antonina, Morretes, Guaraqueçaba e as praias e as ilhas. “Temos muitos atrativos para esse pessoal. E que esta seja, de fato, uma consolidação dos navios de turismos na nossa região”, completou.

Para a secretária municipal de Turismo de Paranaguá, Maria Plahtyn, estar no roteiro fixo de cruzeiros é muito positivo para o turismo no Litoral. “É o resultado de um trabalho que está muito conectado, entre Estado e município. Em menos de 30 dias estamos recebendo o segundo grande navio e estamos com a expectativa de que vários outros venham. É um impacto positivo para toda a região”, disse.

O receptivo aos turistas foi montado no centro histórico de Paranaguá, na Praça do Aquário. Lá, os destinos regionais estão sendo ofertados para os turistas que saem do cais de ônibus e chegam até lá para visitar os principais pontos.

Prudentópolis
15º
Tempo limpo
Ponta Grossa
15º
Tempo nublado
Guarapuava
13º
Parcialmente nublado
Curitiba
17º
Tempo limpo
Londrina
22º
Tempo limpo
União da Vitória
15º
Tempo nublado
  • É com pesar que e o PAF  e a Funerária Anjo Gabriel  comunica o falecimento do senhor José Doruch aos 81 anos de idade.
  • É com pesar que e a Funerária São Josafat  e o Plano Sindi-Saúde comunica o falecimento
  • É com pesar que e a Funerária São Josafat e o Plano Sindi-Saúde   comunica o falecimento
  • É com pesar que e a Funerária São João  e o Plano Uni-Paz   comunica o falecimento do senhor
  • É com pesar que e a Funerária São João  e o Plano Uni-Paz   comunica o falecimento
  • É com pesar que e a Funerária São João  e o Plano Uni-Paz   comunica o falecimento do senhor João Senkiu Sobrinho aos 59 anos de idade.
  • STF mantém prorrogação da Lei Paulo Gustavo até dezembro de 2023
  • Acidente entre caminhões deixa quatro mortos na PR 340, em Tibagi
  • Procon de Guarapuava notifica empresas por publicidade enganosa
  • BR 277 terá restrição de veículos pesados a partir desta sexta (03)
  • Sicredi anuncia R$ 1,5 bilhão para fortalecer parceria com agricultura no Show Rural Coopavel
  • Ano letivo municipal inicia com cerimônia, no Centro de Eventos Terra Das Cachoeiras