Ações com cães policiais da PCPR apreenderam 10,3 toneladas de drogas em 2022

11 de janeiro de 2023 às 15:28
Foto: PCPR
Estima-se que as operações tenham causado prejuízo de R$ 1,1 milhão ao crime organizado. Os animais também auxiliam nas apreensões de armas e munições, no cumprimento de mandados de busca e apreensão e prisões.

Os cães da Polícia Civil (PCPR) colaboraram na apreensão de 10,3 toneladas de drogas em todo o Paraná durante o ano de 2022. Estima-se que as ações tenham causado um prejuízo de R$ 1,1 milhão para o crime organizado.

Maconha foi a droga mais interceptadas, com 9 toneladas, seguida de crack, com 560,4 quilos. As operações também resultaram na apreensão de 54 armas de fogo e 2.047 mil munições. Os cães auxiliaram, ainda, no cumprimento de 594 mandados de busca e apreensão e na prisão em flagrante de 297 pessoas.

A delegada da PCPR Ana Cristina Ferreira Silva afirma que os cães atendem demandas da polícia em todo o Estado e que prestam apoio às demais forças policiais.

Ao todo, 16 animais fazem parte do Núcleo de Operações com Cães da PCPR, que tem seis bases distribuídas em Curitiba, Cascavel, Maringá, Pato Branco, Londrina e Foz do Iguaçu.

“O uso de cães farejadores é fundamental nas ações policiais, pois temos economia de efetivo, aumentamos a segurança do policial e o êxito das operações”, afirmou a delegada.

TREINAMENTO – Os cães e seus condutores passam por extenso e complexo treinamento baseado em situações reais, que permite que os cães saibam como agir durante as operações. No preparo feito por policiais civis, os animais são ensinados, por meio de técnicas de adestramento, a encontrar odores específicos de substâncias ilícitas ou armas.

Desde 2012 na unidade, o investigador Misael Nemecek é um dos precursores do canil da PCPR. Ele conta que durante o treinamento o cão aprende que o cheiro que deve detectar trará uma recompensa. “A partir do momento em que identifica o odor, o cão passa a emitir o comportamento ensinado pelo adestrador para mostrar que há algo no local”, explica o investigador.

Além de auxiliar no trabalho investigativo, os cães policiais também participaram de 51 eventos educativos, nos quais aconteceram interações com a comunidade e apresentações sobre o trabalho realizado.

Fonte: Agência Estadual de Notícias

Foto: PCPR

Prudentópolis
11º
Tempo nublado
Ponta Grossa
11º
Tempo nublado
Guarapuava
10º
Tempo nublado
Curitiba
Tempo nublado
Londrina
15º
Tempo nublado
União da Vitória
Tempo nublado
  • É com pesar que comunicamos o falecimento de Silvana Izabel Machado Spisila aos 60 anos
  • É com pesar que a Funerária São Josafat e o Sindi Saúde, comunicam o falecimento do Sr Edmundo Krassowski.
  • É com pesar que a Funerária São João comunica o falecimento do Sr Nestor Gaudeda.
  • É com pesar que a Funerária São João e o Plano UNI PAZ, comunicam o falecimento da Sra. Erondina da Silva.
  • É com pesar que e a Funerária Anjo Gabriel  comunica o falecimento do Sr Paulo Rebinski aos 52 anos de idade.
  • É com pesar que e a Funerária São Josafat comunica o falecimento do Sr Vassilio Okaranski Neto aos 59 anos.
  • Novo sistema da Secretaria da Fazenda reduz em 10 dias os pagamentos de RPVs
  • Copel oferta curso gratuito de roçada sob redes e linhas de distribuição em dez municípios
  • BID destaca gestão de dados do Paraná em avaliação da administração fiscal
  • Intercâmbios, novos professores e plataformas em alta marcam primeiro trimestre da Educação
  • Moradores de Teixeira Soares encontram tucano de especie rara.
  • Com programa Parceiro da Escola, Governo do Estado quer expandir qualidade da educação