Coritiba sofre no primeiro tempo, mas vence o Rio Branco

23 de janeiro de 2023 às 09:08

Coritiba segue 100% no Campeonato Paranaense. Em um jogo mais complicado do que se esperava, o Coxa sofreu no primeiro tempo, mas se impôs na etapa final e venceu o Rio Branco por 1×0, neste domingo (22), no Couto Pereira, pela terceira rodada da primeira fase.

Na única oportunidade real que teve, o centroavante Rodrigo Pinho garantiu o triunfo alviverde.

Com mais de 24 mil torcedores no Couto Pereira, o Coritiba chegou aos nove pontos, empatando em pontos com Athletico e Operário na liderança do Estadual.

O jogo

O início da partida foi o que se imaginava – o Coritiba pressionando e o Rio Branco na defesa. O destaque alviverde era Marcelino Moreno, que abusava das jogadas de efeito.

Apostando em um esquema fechado e com saídas em velocidade, o Leão da Estradinha conseguia impedir um controle coxa no gramado. E chegava com muito perigo – aos 29 minutos, Lunna apareceu na cara de Gabriel. Na primeira, o goleiro defendeu, e no rebote o meia do Rio Branco acertou a trave.

O Coritiba repetia um problema tático – com Bernardo e Moreno abertos, próximos de Pottker e Alef Manga, o meio-campo ficava despovoado.

À beira do campo, António Oliveira dava bicos nos copos de água, irritado com a dificuldade do time. A melhor chance alviverde foi de William Pottker, mas o chute foi bem defendido por Patrick.

Coritiba pressiona

Após um final de primeira etapa jogando no campo adversário, o Coritiba voltou sem alterações. E rendendo mais, pressionando o Rio Branco e criando mais oportunidades.

Henrique e Pottker tiveram boas chances, mas não aproveitadas. Aí os visitantes, que apostavam na cera como estratégia, acabaram tendo um jogador expulso.

Foca ficou no gramado e no espaço que ele deveria cobrir, Victor Luís chegou livre e Elivelton fez falta, levando o segundo amarelo e sendo expulso.

Com um a mais, o Coxa partiu para a pressão. E logo abriu o placar. No cruzamento de Natanael, a defesa parnanguara falhou e Rodrigo Pinho, na primeira chance que teve no jogo, fez 1×0 para o Coritiba.

E dali até o final do jogo, os donos da casa criaram outras oportunidades, mas o placar ficou com a vantagem mínima.

O Coritiba volta a campo na quarta-feira (25), diante do Maringá, às 21h30, no estádio Willie Davids. Já o Rio Branco joga mais cedo, às 15h30, contra o Aruko, no estádio Nelson Medrado Dias.

Ficha técnica

CAMPEONATO PARANAENSE
1ª Fase – 3ª Rodada

CORITIBA 1×0 RIO BRANCO

Coritiba
Gabriel; Natanael (Nathan Mendes), Henrique, Chancellor e Victor Luís; Jesús Trindade, Bernardo e Marcelino Moreno (Kaio César); William Pottker (Régis), Rodrigo Pinho (Robson) e Alef Manga.
Técnico: António Oliveira

Rio Branco
Patrick; João Amilton, Tocantins, Marcão e Da Silva; Elivelton, William Bolt e Lunna (Jobson); Foca (Viola), Caliel (Eder, depois Max) e Cebolinha (Renan Oliveira).
Técnico: Norberto Lemos

Fonte Banda B

Prudentópolis
18º
Chuvas esparsas
Ponta Grossa
17º
Tempo nublado
Guarapuava
16º
Chuvas esparsas
Curitiba
19º
Chuvas esparsas
Londrina
21º
Parcialmente nublado
União da Vitória
17º
Tempo nublado
  • É com pesar que e a Funerária São Josafat  e o Plano Sindi-Saúde comunica o falecimento
  • É com pesar que e a Funerária São Josafat e o Plano Sindi-Saúde   comunica o falecimento
  • É com pesar que e a Funerária São João  e o Plano Uni-Paz   comunica o falecimento do senhor
  • É com pesar que e a Funerária São João  e o Plano Uni-Paz   comunica o falecimento
  • É com pesar que e a Funerária São João  e o Plano Uni-Paz   comunica o falecimento do senhor João Senkiu Sobrinho aos 59 anos de idade.
  • É com pesar que e a Funerária São João e o Plano Uni-Paz comunica o falecimento
  • Cooperativa Sicredi Centro Sul PR/SC/RJ impulsiona o Programa Empreenda Sicredi – Conta com a Gente nas suas agências.
  • Censo IBGE foi prorrogado até o dia 24 de fevereiro
  • Preso homem que destruiu relógio histórico no Palácio do Planalto
  • Saiba o que o INSS pode considerar como prova de vida
  • Consumidor poderá utilizar o PIX para pagar conta de luz
  • Lula defende diálogo entre países na VII Cúpula da Celac