Artagão Júnior é escolhido para comandar a corregedoria da Assembleia

9 de fevereiro de 2023 às 10:08

O deputado Artagão Júnior (PSD) foi anunciado na terça-feira (07), durante a sessão plenária, como o novo corregedor da Assembleia Legislativa do Paraná.

O parlamentar substitui o deputado Ricardo Arruda (PL). A Corregedoria tem a função de garantir que as determinações do Regimento Interno, do Código de Ética e do Decoro Parlamentar da Casa sejam cumpridas integralmente pelos deputados estaduais.

O nome de Artagão Junior foi escolhido após reunião entre os líderes partidários e aprovado pelos demais parlamentares. O anuncio foi feito pelo presidente do Legislativo, deputado Ademar Traiano (PSD).

Para Artagão Junior, a função é extremamente importante para garantir a boa relação entre os parlamentares e o bom funcionamento dos trabalhos da Assembleia Legislativa.

“A responsabilidade é muito grande, pois temos o papel de administrar as questões inerentes aos parlamentares, como problemas entre os mesmos, denúncias feitas em relação às atividades dos parlamentares e até mesmo a situação de controle de ações de segurança dentro da Assembleia, uma vez que a Mesa nos determine para isso”, explicou.

O parlamentar se disse pronto para assumir o posto. “Essa sempre foi uma função emblemática, exercida pelos deputados mais experientes, com um nível de conhecimento.

O corregedor é o guardião do Regimento Interno e do Código de Ética da Assembleia. Então é uma função de grande responsabilidade.

É preciso ter equilíbrio, bom senso e muito jogo de cintura. Ao mesmo tempo é preciso firmeza para fazer de nosso Regimento a normativa que conduza a ação de todos os parlamentares”, afirmou.

De acordo com o Regimento Interno da Assembleia, entre as responsabilidades da Corregedoria está a de apurar denúncias atribuídas aos parlamentares, que podem sofrer diferentes medidas que vão desde advertência até a perda do mandato.

Também compete ao órgão dar cumprimento às determinações da Mesa Executiva referentes à segurança interna e externa da Casa, supervisionar a proibição de porte de arma, com poderes para revistar e desarmar, além de abrir sindicância sobre denúncia de ilícitos envolvendo deputados.

Ao corregedor também cabe baixar determinações para prevenir perturbações da ordem e da disciplina no Legislativo. Em caso de delito cometido por deputado na Assembleia, é função do corregedor presidir o inquérito instaurado para apuração dos fatos.

Prudentópolis
12º
Tempo nublado
Ponta Grossa
11º
Tempo nublado
Guarapuava
11º
Tempo nublado
Curitiba
12º
Tempo nublado
Londrina
15º
Neblina
União da Vitória
10º
Tempo nublado
  • É com pesar que comunicamos o falecimento de Silvana Izabel Machado Spisila aos 60 anos
  • É com pesar que a Funerária São Josafat e o Sindi Saúde, comunicam o falecimento do Sr Edmundo Krassowski.
  • É com pesar que a Funerária São João comunica o falecimento do Sr Nestor Gaudeda.
  • É com pesar que a Funerária São João e o Plano UNI PAZ, comunicam o falecimento da Sra. Erondina da Silva.
  • É com pesar que e a Funerária Anjo Gabriel  comunica o falecimento do Sr Paulo Rebinski aos 52 anos de idade.
  • É com pesar que e a Funerária São Josafat comunica o falecimento do Sr Vassilio Okaranski Neto aos 59 anos.
  • Novo sistema da Secretaria da Fazenda reduz em 10 dias os pagamentos de RPVs
  • Copel oferta curso gratuito de roçada sob redes e linhas de distribuição em dez municípios
  • BID destaca gestão de dados do Paraná em avaliação da administração fiscal
  • Intercâmbios, novos professores e plataformas em alta marcam primeiro trimestre da Educação
  • Moradores de Teixeira Soares encontram tucano de especie rara.
  • Com programa Parceiro da Escola, Governo do Estado quer expandir qualidade da educação