Aeronave do Governo busca órgão em Joaçaba e auxilia mais um transplante no Paraná

13 de fevereiro de 2023 às 08:34

A Divisão de Transporte Aéreo da Casa Militar, do Governo do Paraná, buscou um fígado na cidade de Joaçaba (Santa Catarina) para atender um paciente da fila de transplantes de Curitiba neste sábado (11).

A utilização das aeronaves do Estado permite a captação de órgãos em outros entes federativos, ajudando a atender com celeridade os paranaenses.

Essa é a segunda missão para Santa Catarina apenas neste ano. Na primeira, em janeiro, a captação de um outro fígado aconteceu em um hospital do litoral catarinense.

Antes disso, o Estado já havia buscado um órgão em Ponta Porã, no Mato Grosso do Sul, e dois órgãos em Belo Horizonte, Minas Gerais.

Foram, ao todo, 12 voos e 29 órgãos transportados apenas em 2023. Nos últimos quatro anos foram quase 400 missões.

A rapidez em deslocamentos é fundamental para garantir o sucesso dos transplantes devido à conservação dos órgãos. Via de regra, a maioria dos entes federativos depende da Força Aérea Brasileira para a realização desta logística, o que por vezes acaba a inviabilizando.

O Estado do Paraná, com a disponibilidade das aeronaves do Governo, tem a Central de Transplantes mais organizada do País.

Atualmente, o Sistema Estadual de Transplantes conta com nove veículos exclusivos e um veículo em cada Organização de Procura de Órgãos (OPO): Cascavel, Curitiba, Londrina e Maringá. Soma-se a isso uma equipe de motoristas em Curitiba e o apoio da rede de transporte das Regionais de Saúde no Interior do Estado, além das aeronaves.

Cada órgão tem um prazo máximo de sobrevivência fora do corpo, que é o chamado tempo de isquemia. Coração (4 horas) e pulmões (4 a 6 horas) são os que apresentam menos tempo de sobrevivência.

Fígado (12 horas) e pâncreas (20 horas) duram um pouco mais, enquanto os rins podem ser transplantados em, no máximo, 36 horas.

O Paraná é o segundo colocado do Brasil em números gerais de doações de órgãos. O Estado realiza 40,3 doações por milhão de população (pmp), contra uma média nacional de apenas 16,4 pmp, segundo a Associação Brasileira de Transplantes de Órgãos (ABTO).

Prudentópolis
17º
Tempo nublado
Ponta Grossa
17º
Tempo nublado
Guarapuava
16º
Tempo nublado
Curitiba
20º
Tempo limpo
Londrina
25º
Tempo limpo
União da Vitória
16º
Parcialmente nublado
  • É com pesar que a Funerária São João comunica o falecimento do Sr. Lademiro Petriw, popularmente conhecido como “Ladio”.
  • É com pesar que e a Funerária Anjo Gabriel comunica o falecimento do Sr Antenor Marconato aos 71 anos de idade.
  • É com pesar que a Funerária São João e o Plano UNI PAZ, comunicam o falecimento da Sr. Ilor Vicente Pontarolo.
  • É com pesar que e a Funerária São Josafat comunica o falecimento da Sra Adelaide Woicik  Stasiu aos 80 anos de idade.
  • É com pesar que e a Funerária São Josafat comunica o falecimento do Sr Otávio Swaretz aos 58 anos de idade.
  • É com pesar que a Funerária São João comunica o falecimento da Sra. Ana Dobrowolski Kaminski.
  • IAT devolve à natureza tamanduá-mirim encontrado por moradores em General Carneiro
  • Ação por ato de improbidade administrativa proposta pelo MP resulta na condenação de vereador de Guarapuava à perda do cargo
  • É amanhã, Super Sexta OdontoTop! Todas as unidades do Hospital do Dente estarão abertas até meia-noite, sem fechar ao meio-dia.
  • Encontro de delegados da Receita Estadual aborda reforma tributária e conformidade fiscal
  • Transparência e agilidade nos serviços: Adapar lança sistemas de Business Intelligence
  • VBP Agropecuário do Paraná cresce 11% em 2023 e alcança R$ 197,8 bilhões