Ratinho Junior apresenta Paraná ao vice-ministro da Agricultura do Japão com objetivo de ampliar exportações

8 de março de 2023 às 08:40

O governador Carlos Massa Ratinho Junior participou nesta terça-feira (07) de uma reunião com o vice-ministro da Agricultura, Silvicultura e Pesca do Japão, Atsushi Nonaka. Ao lado de outros gestores estaduais e de representantes de empresas paranaenses, ele tratou da possibilidade de abertura do mercado consumidor japonês à produção de proteínas suínas e bovinas do Paraná.

Para avançar no assunto, Ratinho Junior formalizou um convite aos representantes do Governo do Japão para que visitem o Paraná e conheçam fábricas e frigoríficos instalados no Estado. O objetivo é dar mais agilidade ao processo de habilitação dos frigoríficos paranaenses junto ao país asiático, que já é um dos maiores mercados importadores da produção estadual de frango.

“O Japão representa um potencial econômico enorme para a exportação da agroindústria paranaense. Queremos expandir o mercado consumidor da proteína animal no Estado, o que incentivará o crescimento do PIB”, afirmou o governador. “Apesar das tratativas diplomáticas entre o governo federal e o país asiático, nós buscamos demonstrar aos representantes japoneses a qualidade e os diferenciais das empresas e da produção do Paraná”.

Em 2022, as exportações do Paraná para o Japão totalizaram US$ 545,3 milhões. Atualmente, o país é o 12º maior mercado comprador do Estado, cujo ranking é liderado pela China, Estados Unidos e Argentina. Do montante total de exportações do último ano, US$ 274,5 milhões foram oriundos da carne de frango, o que representa 50,3% do volume total das vendas ao país asiático e demonstra o potencial para outras proteínas animais produzidas no Paraná.

Presente na comitiva, o secretário de Estado da Agricultura e do Abastecimento, Norberto Ortigara, destacou o fato do Paraná ter obtido, em 2021, o certificado de área livre de febre aftosa sem vacinação. No mesmo ano, a Organização Mundial da Saúde Animal (OIE) chancelou o Estado como uma zona livre de peste suína clássica independente. Ratinho Junior aproveitou a oportunidade para agradecer a manifestação favorável do Japão nesses pleitos em nível global.

O Paraná atualmente é o segundo maior produtor nacional de suínos (atrás apenas de Santa Catarina), mas há um movimento, induzido pela chancela sanitária, de expansão da produção.

Foi inaugurada, no ano passado, a maior indústria de suínos da América Latina. Trata-se de uma unidade frigorífica da Frimesa em Assis Chateaubriand, na região Oeste, que recebeu um investimento de R$ 1,3 bilhão.

O frigorífico deve começar a operar neste mês com uma capacidade de abate de 7.880 suínos/dia, mas a meta da cooperativa é chegar a 11 mil abates diários até 2031.

O Estado também tem outras grandes unidades habilitadas pelo sistema de inspeção para exportação em Bocaiúva do Sul e Ibiporã (Frigorífico Rainha da Paz), Carambeí (Seara), Cascavel (Coopavel), Castro (Castrolanda), Iporã (BMG), Laranjeiras do Sul (Kaefer), São Miguel do Iguaçu (Friella) e Toledo (BRF).

“Pudemos demonstrar a capacidade do Paraná em produzir em escala, com preços atrativos e segurança sanitária, ampliando os laços comerciais com o Japão”, informou Ortigara. “Os japoneses vão analisar o convite do governador e propuseram avançar de forma conjunta na habilitação da carne bovina e suína, ideia à qual não nos opusemos para não retardar o processo”.

Na pauta da reunião, também estiveram a possibilidade de ampliação das exportações de ovos ao Japão, que tem dificuldades de importação de países vizinhos devido à gripe aviária. Os representantes trataram ainda sobre a possibilidade de atração de novos investidores japoneses no mercado da seda no Paraná, que é um segmento em que o país possui grande expertise.

FEIRA DE ALIMENTOS – A missão comercial liderada pelo governador Ratinho Junior também esteve presente na Foodex, a maior feira de alimentos e bebidas da Ásia e que reúne cerca de 1.485 expositores de 40 países em Tóquio, na capital do Japão. Além de visitar outros estandes, a comitiva foi até o espaço destinado ao Brasil, onde 16 empresas brasileiras (quatro paranaenses) estão expondo seus produtos.

Realizada anualmente, a Foodex Japan é uma oportunidade de negócios para os profissionais da indústria alimentícia. As categorias incluem produtos agrícolas, pães e cereais, ervas aromáticas e especiarias, sopas, cerveja, aguardente, água mineral, refrigerantes e serviços de transporte, entre outros produtos.

O governador conversou com representantes do Grupo Sama, um grupo de empresas brasileiras de mel e derivados que já exporta para o Japão e que possui negócios com produtores de Ponta Grossa, Prudentópolis e Arapoti.

Ele também esteve reunido com representantes da Seara, que exporta carne de frango ao país a partir de fábricas instaladas em Rolândia, Jacarezinho, Santo Inácio e Lapa.

AGENDA – Também compõe a comitiva paranaense o secretário de Estado do Planejamento, Guto Silva; o secretário de Indústria, Comércio e Serviços, Ricardo Barros; o diretor-presidente da Invest Paraná, Eduardo Bekin; o diretor de Relações Internacionais e Institucionais da Invest Paraná, Giancarlo Rocco; e o coordenador do Plano Estadual Ferroviário, Luís Henrique Fagundes. O deputado federal Luiz Nishimori e o deputado estadual Marcel Micheletto também estiveram na agenda com o vice-ministro. Acompanham o encontro, em missão empresarial, o presidente da Federação das Indústrias do Estado do Paraná (Fiep), Carlos Valter Martins Pedro; e representante da embaixada do Brasil no Japão e das empresas JBS e Frimesa.

A comitiva tem encontro agendado com o governador da província japonesa de Hyogo, Motohito Saito, para tratar de negócios e da relação de amizade entre a província e o Paraná, e fará uma visita à Agência de Cooperação Internacional do Japão (Jica) visando a expansão das relações comerciais bilaterais. A missão também terá reuniões com diretores das empresas Mitsui Busan, Nissin e Marubeni, além da Sumitomo Rubber, que anunciou recentemente um investimento de R$ 1 bilhão na fábrica de pneus em Fazenda Rio Grande, Região Metropolitana de Curitiba.

Prudentópolis
11º
Tempo nublado
Ponta Grossa
11º
Tempo nublado
Guarapuava
10º
Tempo nublado
Curitiba
Tempo nublado
Londrina
15º
Tempo nublado
União da Vitória
Tempo nublado
  • É com pesar que comunicamos o falecimento de Silvana Izabel Machado Spisila aos 60 anos
  • É com pesar que a Funerária São Josafat e o Sindi Saúde, comunicam o falecimento do Sr Edmundo Krassowski.
  • É com pesar que a Funerária São João comunica o falecimento do Sr Nestor Gaudeda.
  • É com pesar que a Funerária São João e o Plano UNI PAZ, comunicam o falecimento da Sra. Erondina da Silva.
  • É com pesar que e a Funerária Anjo Gabriel  comunica o falecimento do Sr Paulo Rebinski aos 52 anos de idade.
  • É com pesar que e a Funerária São Josafat comunica o falecimento do Sr Vassilio Okaranski Neto aos 59 anos.
  • Novo sistema da Secretaria da Fazenda reduz em 10 dias os pagamentos de RPVs
  • Copel oferta curso gratuito de roçada sob redes e linhas de distribuição em dez municípios
  • BID destaca gestão de dados do Paraná em avaliação da administração fiscal
  • Intercâmbios, novos professores e plataformas em alta marcam primeiro trimestre da Educação
  • Moradores de Teixeira Soares encontram tucano de especie rara.
  • Com programa Parceiro da Escola, Governo do Estado quer expandir qualidade da educação