Athletico empata com Alianza Lima na estreia da Libertadores

5 de abril de 2023 às 08:47

O Athletico ficou no empate em 0x0 com o Alianza Lima, nesta terça-feira (4), em seu primeiro jogo pelo grupo G da Copa Libertadores.

Pelo contexto da partida, principalmente do final em que estava com um jogador a menos, o resultado foi bom para o Furacão, que também mantem sua invencibilidade na temporada. Jogando fora de casa, o Rubro-Negro teve chances de vencer, mas precisou se segurar no fim.

Foi uma partida muito disputada – e às vezes com rispidez. Nove jogadores levaram cartão amarelo e Thiago Heleno foi expulso. O Athletico teve menos posse de bola, mas criou as melhores oportunidades da noite.

O próximo jogo do grupo G é entre Atlético-MG e Libertad, nesta quinta-feira (6), às 19h, no Mineirão.

Já o próximo jogo do Athletico é a finalíssima do Campeonato Paranaense. Domingo (9), o Furacão enfrenta o Cascavel, às 17h, na Arena da Baixada, podendo até empatar para ser campeão estadual. No jogo de ida, o Rubro-Negro venceu de virada por 2×1. O próximo jogo pela Libertadores é no dia 18 (terça), contra o Atlético-MG, também no Joaquim Américo.

O jogo do Athletico

Com Vitor Roque e Cuello nos lugares de Vitor Bueno e Pablo, o Athletico começou a partida com cautela. O Alianza, empurrado pela torcida, tentava uma pressão na saída de bola rubro-negra. Mas foi o garoto do Furacão, agora camisa 9, quem criou a primeira chance de gol, logo a 10 minutos. A empolgação peruana era respondida pela cadência atleticana, que só acelerava o jogo quando Vitor Roque e Cuello eram acionados.

Canobbio e Terans também tiveram boas oportunidades. As soluções táticas do Athletico eram as conhecidas – a saída no contra-ataque e o roubo de bola no campo adversário. Em um jogo muito pegado, os cartões amarelos para Cuello, Fernandinho e Zé Ivaldo com 29 minutos de jogo preocupavam. E o argentino teve a melhor chance da etapa inicial, para variar em jogada de Vitor Roque. Do lado do Alianza, o destaque era o colombiano Pablo Sabbag.

Segundo tempo

O Athletico voltou com Matheus Felipe na vaga de Zé Ivaldo – Paulo Turra quis se precaver de ter um zagueiro amarelado. E o Alianza, que tinha caído de produção, voltou de novo na base da empolgação.

Mas o Furacão era mais efetivo, mesmo tendo menos posse de bola. Só que, na hora do último passe ou do arremate, os atleticanos falhavam muito. Assim, o caminho aberto para a vitória acabava tendo obstáculos.

E com os erros do Athletico, o Alianza se animava. Com isso, o treinador rubro-negro decidiu colocar Alex Santana e promover a estreia de Willian Bigode – saíram Terans e Cuello. Sem querer, Alex quase abriu o placar, desviando um chute de Fernandinho e acertando o travessão. Logo depois, Pablo entrou para a saída de Vitor Roque. E no lance seguinte Thiago Heleno levou o segundo cartão amarelo e foi expulso.

A partir daí, o jogo ‘se mudou’ para o campo de defesa do Athletico. O Alianza partiu para cima até com o veteraníssimo Hernán Barcos, de 38 anos. Todo recuado, o Furacão buscava manter a igualdade, deixando Willian e Pablo para um eventual contra-ataque. Mas o time peruano também não teve forças para conseguir a vitória, e o 0x0 acabou refletindo bem a estreia do Furacão na Libertadores.

Ficha técnica

COPA LIBERTADORES
Grupo G – 1ª Rodada

ALIANZA LIMA 0x0 ATHLETICO

Alianza
Angelo Campos; Édinson Chávez (Carlos Montoya), Carlos Zambrano, Santiago García e Ricardo Lagos; Josepmir Ballón, Jesús Castillo (Oswaldo Valenzuela), Gabriel Costa (Andrés Andrade), Christian Cueva (Franco Zanelatto) e Bryan Reina; Pablo Sabbag (Hernán Barcos).
Técnico: Guillermo Salas

Athletico
Bento; Khellven, Thiago Heleno, Zé Ivaldo (Matheus Felipe) e Pedrinho; Erick, Fernandinho e Terans (Alex Santana); Canobbio (Rômulo), Vitor Roque (Pablo) e Cuello (Willian).
Técnico: Paulo Turra

Local: Alejandro Villanueva (Lima-PER)
Árbitro: Carlos Ortega (COL)
Assistentes: Wilmar Navarro (COL) e Alexander Guzmán (COL)
VAR: Jhon Perdomo (COL)
Cartões amarelos: Castillo, Sabbag, Andrade, Valenzuela (ALI); Zé Ivaldo, Cuello, Fernandinho, Thiago Heleno, Pablo (CAP)
Cartões vermelhos: Thiago Heleno

Fonte Banda B

Prudentópolis
13º
Chuva
Ponta Grossa
12º
Chuva
Guarapuava
10º
Chuva
Curitiba
13º
Chuva
Londrina
16º
Chuva
União da Vitória
12º
Chuva
  • É com pesar que comunicamos o falecimento de Antônio Dinei Amaral (58 anos)
  • É com pesar que e a Funerária Anjo Gabriel  e o PAF  comunica o falecimento do senhor Dionisio Silvestre Roth
  • Morre aos 82 anos o ex-deputado federal Basílio Villani
  • É com pesar que comunicamos o falecimento de Elizabet Maria Corelo (64 anos)
  • É com pesar que comunicamos o falecimento de Luzia Cordiaki (48 anos)
  • É com pesar que e a Funerária São Josafat  e o Plano Sindi-Saúde  comunica o falecimento do senhor Francisco Braz de Ramos aos 82 anos de idade.
  • Primeiro mês de atualização de rebanhos alcança somente 35% de registros, em Prudentópolis
  • Sindicato Rural realiza evento de pecuária moderna na linha Barra das Canoas
  • Manutenção em reservatórios pode afetar abastecimento de água em Prudentópolis e Guamiranga
  • Confira as vagas na Agência do Trabalhador de Prudentópolis nesta terça (30)
  • Pauta da sessão da Câmara Municipal de Prudentópolis desta terça-feira (30)
  • TRE nomeia servidores para os cartórios de Prudentópolis e Pitanga