Polícia Civil de Imbituva identifica autor que criou perfil ameaçando massacre na escola em Guamiranga

5 de abril de 2023 às 18:23

A Polícia Civil do Paraná, por intermédio da Delegacia de Imbituva identificou, na tarde desta quarta (05/04), o autor de um perfil que foi criado com os dizeres: “massacre no colégio Francisco Ramos”.

O perfil dizia que o massacre não tinha dia e nem hora, mas iria acontecer.

O Delegado responsável pelas investigações e que comandou a operação, Dr. Thiago Andrade, disse que: “Logo que tomamos conhecimento do fato, passamos a adotar diligências fazendo uso das técnicas de investigação policial para chegar ao responsável pela criação do perfil.

Quando identificamos o autor, representei ao Poder Judiciário pela decretação de uma busca e apreensão domiciliar. O Judiciário, após manifestação do Ministério Público, autorizou a busca”.

O Delegado Thiago Andrade informou que a motivação sobre a criança do perfil chamou a atenção da polícia: “O adolescente disse que criou o perfil porque viu um vídeo de jovem que criou o perfil na rede social dizendo que iria fazer um massacre em um determinado colégio e sentiu vontade de fazer igual.

Logo que chegamos na casa, perguntei se ele sabia o motivo de a Polícia Civil estar ali e ele disse que sim. O adolescente disse que criou o perfil porque não gosta da escola, que nunca gostou de estudar”. Um motivo banal, fútil, afirmou o Delegado.

Por fim, o Delegado ressaltou: “não encontramos na casa nenhum indício de que o adolescente estava de fato preparado ou sequer se preparando para praticar o ato. Nada de ilícito foi encontrado na casa.

Ele criou o perfil de um celular, não havia no histórico pesquisa sobre armas, explosivos ou outra coisa similar. O adolescente ingressou no colégio em setembro do ano passado.

Ele possui nada consta de ocorrências na escola. Seu boletim escolar é bom”. Não há outras pessoas envolvidas neste caso”

O Delegado disse que o adolescente de 15 anos vai responder, em liberdade, pelos atos infracionais: Apologia ao crime (Art. 286 do Código Penal) e pela contravenção penal de provocar alarma, anunciando desastre ou perigo inexistente, ou praticar qualquer ato capaz de produzir pânico ou tumulto (Art. 241 LCP). São infrações referentes à paz pública, finaliza o Delegado.

Prudentópolis
23º
Tempo limpo
Ponta Grossa
20º
Tempo limpo
Guarapuava
22º
Tempo limpo
Curitiba
21º
Tempo limpo
Londrina
25º
Tempo limpo
União da Vitória
23º
Tempo limpo
  • É com pesar que e a Funerária Anjo Gabriel comunica o falecimento da Sra Geni de Lurdes Lemos Martins aos 57 anos.
  • É com pesar que a Funerária São João e o Plano UNI PAZ, comunicam o falecimento de Júlio César Mosquer.
  • É com pesar que e a Funerária Sao Josafat comunica o falecimento do Sr Augusto Kozak aos 89 anos de idade.
  • É com pesar que e a Funerária Anjo Gabriel comunica o falecimento do Sr Lademiro Barabasz aos 83 anos de idade.
  • É com pesar que e a Funerária Anjo Gabriel comunica o falecimento do Sr Antonio Valdivino Ribeiro dos Santos
  • É com pesar que e a Funerária São Josafat  comunica o falecimento da Sra Nadia Martinhuk  Gelinski aos 81 anos de idade.
  • Agências do Trabalhador do Paraná iniciam a semana com 21,9 mil vagas
  • Comitiva do Sicredi participa do maior evento de cooperativismo de crédito do mundo, em Boston (EUA)
  • IAT renova convênio com Unifil para atendimento à fauna na região de Londrina
  • Rádio Educativa é finalista do Prêmio Ocepar de Jornalismo com duas séries especiais
  • No Paraná, 75,8% da frota tributada pagou IPVA lançado em 2024; veja como regularizar
  • Ações especiais: domingo é dia de parque em Unidades de Conservação do Paraná