SAMU Campos Gerais já atendeu 50 vítimas de queimaduras em 2023

6 de junho de 2023 às 16:16

No Brasil, desde 2009, o dia 6 de junho é considerado o Dia Nacional de Luta Contra Queimaduras. A data tem objetivo de conscientizar sobre medidas preventivas, durante a campanha do “Junho Laranja”, mês de prevenção às queimaduras.

“O mês de junho foi escolhido porque é o mês em que se comemoram as festas juninas, onde é costumeiro se utilizar de fogos de artifício e fogueiras, oferecendo um risco maior de acidentes, especialmente para bebês e crianças”, explica a dra. Kelly Kravchychyn, Diretora Técnica do SAMU Campos Gerais.

“O uso do álcool em gel, muito difundido durante a pandemia da Covid-19, também requer muito cuidado”, acrescenta.

A região dos Campos Gerais registrou, em 2022, 98 casos, sendo 19 crianças entre 0 e 10 anos. Em 2021, foram 102 casos, sendo 17 crianças e, em 2020, 118 casos, 31 em crianças desta faixa etária. E em 2023, até maio, já foram atendidas 50 vítimas, sendo 9 crianças desta faixa etária.

As queimaduras são lesões causadas por agentes térmicos, como fogo, líquidos quentes, vapores, radiação; químicos, ou seja, substâncias ácidas ou alcalinas; elétricos, através de choque; e biológicas, como por exemplo, com taturanas.

Apesar de as campanhas reforçarem o mês de junho, os acidentes deste tipo acontecem durante o ano todo, especialmente nos ambientes domésticos, que totalizam 70% dos casos, conforme a Sociedade Brasileira de Queimaduras (SBQ). Segundo a Biblioteca Virtual do Ministério da Saúde, são cerca de 150 mil internações por ano devido a acidentes com queimaduras no Brasil. Crianças representam 30% deste número. 

“Os cuidados para evitar acidentes com queimaduras são simples, mas requerem muita atenção”, explica a Diretora Técnica do SAMU Campos Gerais. “Primeiramente, é indispensável evitar que as crianças circulem pela cozinha durante o preparo de refeições, porque é um momento em que acontecem muitos acidentes. Também deve-se manter panelas com os cabos virados para o lado de ‘dentro’ do fogão e, de preferência, utilizar as bocas da parte de trás”, destaca.

“Ainda sobre os cuidados na cozinha, os pais devem ficar atentos e deixar travessas quentes longe do alcance dos bebês e crianças, assim como não utilizar toalhas de mesa compridas, que possam ser puxadas”, acrescenta.

“Outros cuidados: não queimar lixo; se utilizar velas, lareiras, lampiões sempre apagar antes de se deitar ou sair; cuidados ainda com fogueiras e outros artefatos e com instalações elétricas”.

Orientar as crianças sobre os perigos de brincar próximo à rede elétrica, principalmente com pipas, e proteger tomadas também são importantes na prevenção. 

“Prevenir queimaduras em idosos também é algo extremamente relevante, pois a pele é menos elástica e naturalmente desidratada na terceira idade. Isso faz com que a cicatrização seja mais difícil e demorada”, explica a Dra. Kelly. As medidas de prevenção de queimaduras em idosos numa residência devem incluir vários pontos, como evitar que o idoso cozinhe; evitar panelas pesadas que podem ocasionar queimaduras, porém, se realmente for necessário que cozinhem, os utensílios devem ser de fácil manuseio.

E, ainda, verificar a temperatura dos alimentos antes de servir ao idoso; verificar a temperatura do chuveiro antes do banho; não permitir que o idoso dependente manuseie produtos inflamáveis (álcool) e químicos (como produtos de limpeza); evitar bolsas e compressas de água muito quentes ou congeladas; evitar passar roupas na presença do idoso e nunca deixar o ferro de passar quente no mesmo cômodo onde se encontra um idoso sozinho; não deixar velas acesas durante a noite, tampouco churrasqueiras e lareiras; não permitir cortina ou panos de pratos próximos ao fogão. “Idosos devem pegar sol de acordo com orientação médica, mas evitando a exposição excessiva que pode culminar em insolação e queimaduras”, finaliza.

(Matéria: Assessoria*).

Prudentópolis
11º
Parcialmente nublado
Ponta Grossa
11º
Tempo limpo
Guarapuava
10º
Parcialmente nublado
Curitiba
12º
Parcialmente nublado
Londrina
17º
Tempo limpo
União da Vitória
11º
Parcialmente nublado
  • É com pesar que e a Funerária Anjo Gabriel comunica o falecimento do Sr Antonio Valdivino Ribeiro dos Santos
  • É com pesar que e a Funerária São Josafat  comunica o falecimento da Sra Nadia Martinhuk  Gelinski aos 81 anos de idade.
  • É com pesar que a Funerária São João e o Plano UNI PAZ, comunicam o falecimento da Sra. Olga Prenechuki Rodovanaki
  • É com pesar que a Funerária São João e o Plano UNI PAZ, comunicam o falecimento da Sra. Amélia Andre Suchodolak.
  • É com pesar que a Funerária São João e o Plano UNI PAZ, comunicam o falecimento da Sra. Nair Alves De Oliveira Parolin.
  • É com pesar que e a Funerária São Josafat  comunica o falecimento do Sr Jose Olovati aos 78 anos.
  • Pavimentação de estradas rurais: convênios firmados no 1º semestre somam R$ 125 milhões
  • Governo Federal adia teste de alerta de desastres climáticos em Morretes e União da Vitória
  • Educação divulga resultado preliminar de classificados para o Ganhando o Mundo Diretor
  • Nova espécie de abelha é descoberta por professora da Unicentro
  • Concessionária apresenta agenda de obras rodoviárias para comunidade portuária
  • Cristina Silvestri pede ação do Estado para garantir direitos dos proprietários de terra em Guaíra