Coritiba bate Inter em jogo com quatro pênaltis e expulsão em tempo recorde

30 de outubro de 2023 às 15:17

O Coritiba venceu o Internacional, por 4 a 3, pelo Brasileirão, hoje (29), no Beira-Rio. Foi a sexta vitória do time paranaense em 30 rodadas da Série A.

Os gols do Coxa foram de Garcez, Matheus Bianqui e Robson, duas vezes. Alan Patrick, Bruno Henrique e Enner Valencia marcaram para o Colorado.

O enredo do jogo foi condicionado pelo cartão vermelho para Vitão, do Inter, logo aos 8 minutos e 37 segundos. Foi a expulsão mais rápida do Brasileirão 2023

O VAR atuou de forma intensa, participando não só do lance da expulsão, mas também da checagem de dois dos quatro pênaltis da partida — outro recorde desta edição

Com o resultado, o Internacional estacionou na escalada em busca de uma vaga na Libertadores: está em 11º, com 38 pontos.

Já o Coritiba segue em situação complicada na luta contra o rebaixamento: em 19º, tem 23 pontos, 11 a menos que o Santos, o primeiro time fora da zona de rebaixamento.

Na próxima rodada, o Inter recebe outro time que está na zona de rebaixamento: o América-MG, quarta-feira (1), às 19h.

O próximo adversário do Coritiba também é gaúcho: o Grêmio, quarta (1), às 20h, no Couto Pereira.

Expulsão e choro

A história da partida sofreu uma mudança crucial logo no início. O zagueiro Vitão cometeu uma falta aos seis minutos e inicialmente levou cartão amarelo.

Mas o VAR entrou em ação e o árbitro mudou a decisão: o defensor foi expulso. A interpretação é que ele derrubou Garcez em uma situação clara de gol, antes de entrar na área.

Vitão chorou enquanto deixava o campo e pedia desculpas ao torcedor e aos companheiros colorados. Àquela altura, o jogo já estava em 9 minutos. E aí a história ficou mais favorável ainda para o Coritiba.

O primeiro tempo foi intenso e bastante movimentado, até pela ausência de um jogador importante na defesa colorada. Isso equilibrou um jogo no qual o time da casa, em tese, teria tranquilidade para vencer.

Mas o Coritiba, à beira do desespero, não tem nada com isso. O primeiro gol saiu aos 27 minutos do primeiro tempo, com o próprio Garcez, pegando a sobra na área e batendo no canto. Detalhe é que quase teve um gol contra no segundo anterior, porque Johnny tentou cortar o cruzamento de carrinho e mandou na trave.

Só depois que tomou o gol que Coudet recompôs a defesa, sacando De Pena e colocando Igor Gomes.

O empate do Inter veio em um pênalti cometido por Bruno Gomes em Maurício. O meia colocado foi calçado na área, quando iria receber uma cobrança de lateral. Alan Patrick não desperdiçou, já aos 42 minutos da etapa inicial

Mas como houve paralisações pelo VAR, o primeiro tempo teve oito minutos de acréscimos. Deu tempo para Matheus Bianqui devolver a vantagem para o Coritiba, com uma bela cabeçada, após cruzamento vindo da direita

Chuva de pênaltis

No segundo tempo, a proposta do Coritiba foi voltar sem o autor do gol — Matheus Bianqui — porque ele tinha levado amarelo. Precaução para que o jogo não ficasse no 10 contra 10.

O Inter teve chances de gol, mas ficou em situação mais difícil ainda em um colapso na saída de bola da defesa.

Quando Rochet tentou afastar e teve o lançamento bloqueado, a bola espirrou e Dalbert derrubou Robson na área. Inicialmente, a arbitragem anotou impedimento no campo. Mas o VAR notou que não havia posição irregular e o pênalti foi marcado. O próprio Robson fez o terceiro do Coxa

O Inter ainda reagiu e diminuiu o placar em uma jogada que flerta entre um golaço e uma falha do goleiro Gabriel. Bruno Henrique, sim, acertou um bonito chute de fora da área. Mas Gabriel achou que a bola iria por cima e simplesmente tirou o braço da bola. A bola descaiu e entrou.

Seria a reação do Inter? Não. O time da casa fez mais um pênalti, com o jovem Dalla Corte, de 17 anos, que estreou pelo time principal. Robson, de novo, acertou a cobrança.

Fim da história? Não. Mais um pênalti. Agora para o Inter, depois de Reynaldo atingir o rosto de Nico Hernández na área. Valencia precisou do rebote para fazer o terceiro do Inter, já aos 52 minutos.

Internacional 3 x 4 Coritiba

 

Veja mais no Portal UOL

Prudentópolis
19º
Tempo limpo
Ponta Grossa
18º
Tempo limpo
Guarapuava
19º
Tempo limpo
Curitiba
18º
Tempo limpo
Londrina
20º
Tempo limpo
União da Vitória
19º
Tempo limpo
  • É com pesar que e a Funerária Anjo Gabriel comunica o falecimento do Sr Antonio Valdivino Ribeiro dos Santos
  • É com pesar que e a Funerária São Josafat  comunica o falecimento da Sra Nadia Martinhuk  Gelinski aos 81 anos de idade.
  • É com pesar que a Funerária São João e o Plano UNI PAZ, comunicam o falecimento da Sra. Olga Prenechuki Rodovanaki
  • É com pesar que a Funerária São João e o Plano UNI PAZ, comunicam o falecimento da Sra. Amélia Andre Suchodolak.
  • É com pesar que a Funerária São João e o Plano UNI PAZ, comunicam o falecimento da Sra. Nair Alves De Oliveira Parolin.
  • É com pesar que e a Funerária São Josafat  comunica o falecimento do Sr Jose Olovati aos 78 anos.
  • Pavimentação de estradas rurais: convênios firmados no 1º semestre somam R$ 125 milhões
  • Governo Federal adia teste de alerta de desastres climáticos em Morretes e União da Vitória
  • Educação divulga resultado preliminar de classificados para o Ganhando o Mundo Diretor
  • Nova espécie de abelha é descoberta por professora da Unicentro
  • Concessionária apresenta agenda de obras rodoviárias para comunidade portuária
  • Cristina Silvestri pede ação do Estado para garantir direitos dos proprietários de terra em Guaíra