Ceasa Curitiba doa mais 5 toneladas de alimentos para municípios catarinenses

21 de novembro de 2023 às 14:46

Em uma ação do Governo do Paraná e do Sindicato dos Permissionários em Centrais de Abastecimento do Paraná (Sindaruc), a Ceasa Curitiba doou nesta terça-feira (21) 5 toneladas de alimentos para as cidades catarinenses de Rio do Sul, Trombudo Central e Rio do Oeste, que foram bastante prejudicadas pelas chuvas dos últimos dias. A ação foi realizada pelos permissionários, produtores rurais e coordenadores do programa Banco de Alimentos-Comida Boa.

São encaminhados ao estado vizinho diversos tipos de frutas, legumes, verduras e hortaliças. O diretor-presidente da Ceasa Paraná, Eder Eduardo Bublitz, ressaltou que esta mobilização permitiu, mais uma vez, ajudar essas pessoas que passam por dificuldades neste momento.

“São mais de 5 toneladas de alimentos. A campanha começou hoje pela manhã e muitos produtores colaboraram. Ao todo, já foram doadas 23 toneladas para ajudar os irmãos de Santa Catarina. A Ceasa Paraná, além de prezar pelo abastecimento de grandes centros urbanos e para que produtores rurais possam comercializar seus produtos, também é uma ferramenta de solidariedade”, ressaltou ele.

Entre as ações neste sentido, Bublitz destacou o projeto Banco de Alimentos-Comida Boa. “Normalmente já processamos e distribuímos 600 toneladas por mês para pessoas em vulnerabilidade social no Paraná”.

O presidente do Sindaruc, Paulo Salesbram, disse que a partir de um pedido do Governo do Estado e da diretoria da Ceasa-PR, os permissionários e produtores rurais se mobilizaram para fazer uma grande entrega hoje, para as famílias que mais uma vez perderam tudo. “Já houve enchentes no mês passado, quando tivemos a oportunidade de também ajudar, e mais uma vez estamos aqui para sermos solidários”.

DOAÇÕES – Ao todo, a Ceasa Curitiba já doou 75 toneladas de alimentos para as vítimas das chuvas e enchentes no Paraná e Santa Catarina. Os municípios paranaenses já receberam 52 toneladas e os catarinenses, com a remessa desta terça, 23 toneladas.

COMIDA BOA – O Banco de Alimentos-Comida Boa coleta alimentos não comercializados pelos atacadistas e produtores rurais, mas em boas condições de consumo, os transforma em molhos, sopas, sucos e processados e, depois, os repassa já devidamente embalados e prontos para consumo para creches, orfanatos, hospitais públicos, entre outras instituições. Em 2022, distribuiu 5,85 mil toneladas de hortigranjeiros para entidades assistenciais, média mensal de 487 toneladas.

Prudentópolis
10º
Parcialmente nublado
Ponta Grossa
10º
Tempo limpo
Guarapuava
10º
Parcialmente nublado
Curitiba
Neblina
Londrina
15º
Tempo limpo
União da Vitória
10º
Parcialmente nublado
  • É com pesar que e a Funerária Anjo Gabriel comunica o falecimento do Sr Antonio Valdivino Ribeiro dos Santos
  • É com pesar que e a Funerária São Josafat  comunica o falecimento da Sra Nadia Martinhuk  Gelinski aos 81 anos de idade.
  • É com pesar que a Funerária São João e o Plano UNI PAZ, comunicam o falecimento da Sra. Olga Prenechuki Rodovanaki
  • É com pesar que a Funerária São João e o Plano UNI PAZ, comunicam o falecimento da Sra. Amélia Andre Suchodolak.
  • É com pesar que a Funerária São João e o Plano UNI PAZ, comunicam o falecimento da Sra. Nair Alves De Oliveira Parolin.
  • É com pesar que e a Funerária São Josafat  comunica o falecimento do Sr Jose Olovati aos 78 anos.
  • Pavimentação de estradas rurais: convênios firmados no 1º semestre somam R$ 125 milhões
  • Governo Federal adia teste de alerta de desastres climáticos em Morretes e União da Vitória
  • Educação divulga resultado preliminar de classificados para o Ganhando o Mundo Diretor
  • Nova espécie de abelha é descoberta por professora da Unicentro
  • Concessionária apresenta agenda de obras rodoviárias para comunidade portuária
  • Cristina Silvestri pede ação do Estado para garantir direitos dos proprietários de terra em Guaíra