Piana apresenta macroprojetos de infraestrutura do Paraná a grupo chinês

28 de novembro de 2023 às 13:25

O governador em exercício Darci Piana recebeu nesta terça-feira (28), no Palácio Iguaçu, uma comitiva da companhia Merchants Port, grupo chinês que controla o Terminal de Contêineres de Paranaguá (TCP). Ele apresentou a Nova Ferroeste e o plano de concessão do Canal de Acesso ao Porto de Paranaguá, dois projetos de infraestrutura que estão em desenvolvimento no Estado.

A Nova Ferroeste terá 1.567 km de extensão, ligando o município de Maracaju, no Mato Grosso do Sul, ao Porto de Paranaguá. A ferrovia terá ainda um ramal entre Foz do Iguaçu e Cascavel e entre Chapecó (SC) e Cascavel. Ela vai ainda transportar parte da produção do Paraguai ao porto. Já no primeiro ano de operação a Nova Ferroeste tem potencial para transportar 38 milhões de toneladas de carga.

Ao todo, o traçado vai passar por 66 municípios, sendo 51 do Paraná, oito do Mato Grosso do Sul e sete de Santa Catarina, unindo os principais polos exportadores do agronegócio ao Porto de Paranaguá. Esse também é um investimento sustentável, implementando um modal mais limpo ao comércio nacional e internacional.

Na apresentação, o governador em exercício também enfatizou à comitiva chinesa que a Nova Ferroeste terá movimento de cargas nos dois sentidos. O agronegócio e as cooperativas dos três estados por onde o traçado vai passar, como também do Paraguai, vão mandar sementes e produtos congelados para Paranaguá. Já no sentido contrário, os trens levarão principalmente fertilizantes para os mesmos destinos, além de mercadorias importadas.

A concessão do Canal de Acesso ao Porto de Paranaguá também é uma novidade no Estado. Projeto inédito no País, a concessão abrangerá a ampliação, manutenção e exploração do canal de acesso pelo prazo de 25 anos. Entre as principais melhorias previstas no projeto estão aprofundamento, ampliação e alargamento do canal, o alargamento da bacia de evolução e o aprofundamento da área de fundeio nº 6.

Com isso, a previsão é passar para 13,3 metros de calado ainda na fase de implantação e chegar a 15,5 metros após a concessão, o que viabiliza atração de navios maiores e fluxo maior de cargas em Paranaguá.

Na modelagem proposta – concebida pelo Ministério de Portos e Aeroportos, Portos do Paraná e Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq) – o futuro concessionário executará todos os investimentos como dragagem, derrocagem, sinalização náutica, batimetria, programas e monitoramentos ambientais, entre outros.

Prudentópolis
18º
Tempo nublado
Ponta Grossa
18º
Chuvas esparsas
Guarapuava
17º
Tempo nublado
Curitiba
20º
Tempo nublado
Londrina
24º
Tempo nublado
União da Vitória
20º
Tempo nublado
  • É com pesar que a Funerária São João comunica o falecimento da Sra. Maria Jak Stempniak.
  • Prefeito de Ivaí Orli de Cristo lamenta a morte do Sr Guilherme Salvadori aos 106 anos de idade
  • É com pesar que a Funerária São João comunica o falecimento do Jovem Emerson Alexsandro Okaranski
  • É com pesar que a Funerária São João e o Plano UNI PAZ, comunicam o falecimento da pequena Mariah Parkuts Datczuk.
  • É com pesar que e a Funerária São Josafat comunica o falecimento da senhora Zenobia Kraiczk aos 71 anos.
  • É com pesar que a Funerária São João e o Plano UNI PAZ, comunicam o falecimento da Sr. Theodosio Vencelovicz.
  • Concurso com sete vagas na Polícia Penal do Paraná está com inscrições abertas
  • Governo do Estado organiza 6° Fórum Paranaense de Turismo Religioso em Lunardelli
  • Programa Nota Paraná reforça canais de fiscalização sobre documentos fiscais cancelados
  • Copel produz primeiras moléculas de hidrogênio renovável em Curitiba
  • Paraná teve o maior crescimento da atividade econômica do Brasil em 2023
  • Em visita à Embaixada do Brasil no Chile, Paraná busca aumentar fluxo de turistas sul-americanos