Projeto de cultivo de abelhas em Cense do Paraná é reconhecido em premiação do CNJ

12 de dezembro de 2023 às 10:18

O projeto “Horta e Jardins de Mel”, que promove o cultivo de abelhas no Centro de Socioeducação de Curitiba, ficou em primeiro lugar na categoria “Executivo”, do eixo Socioeducativo, do Prêmio Prioridade Absoluta, do Conselho Nacional de Justiça (CNJ). A premiação aconteceu nesta segunda-feira (11), em Brasília. Ele é desenvolvido pela Secretaria de Estado da Justiça e Cidadania.

Em sua terceira edição, a prêmio reuniu 83 projetos entre as melhores práticas na área de proteção aos direitos das crianças e adolescentes, divididos em seis categorias.

O projeto paranaense premiado, em nome dos agentes Gustavo Moritz, Jean Mary Kmiecik, Josilene Stenzinger Mendes e Rafael Santos de Carvalho, promove para 55 adolescentes do Cense de Curitiba, por meio do cultivo de abelhas, práticas saudáveis de socialização, profissionalização e a integração entre a equipe técnica e os adolescentes. Recentemente, a iniciativa foi estendida a adolescentes internas do Cense Feminino Joana Richa, também na Capital.

Está é a segunda vez que o Governo do Paraná é reconhecido nesta premiação. Na segunda edição, levou o primeiro lugar na mesma categoria, em 2021, com o projeto “Clube de Leitura – Práticas de leitura e ação reflexiva com adolescentes privados de liberdade”, desenvolvido no Centro de Socioeducação (Cense) Londrina II durante a pandemia.

“Nós prestigiamos algumas iniciativas do Executivo, queremos celebrar os agentes das unidades socioeducativas, aqueles que estão na ponta no dia a dia com esses adolescentes, fazendo a diferença, em especial ao Estado do Paraná”, afirmou o juiz auxiliar da presidência do CNJ, Edinaldo César Junior, durante a cerimônia de premiação.

“Estamos orgulhosos em receber essa premiação junto com toda a equipe da Socioeducação de Curitiba, um prêmio que escolhe projetos inovadores e diferenciados. Mais uma vez o Paraná é destaque. Estamos fechando o ano de 2023 com chave de ouro, com conquistas importantes para os colaboradores e também com essa premiação que eleva ainda mais o nome do Paraná”, destacou o secretário de Estado da Justiça e Cidadania, Santin Roveda.

Ele também lembrou os novos decretos recentes que mudam a remuneração e valorizaram mais de 885 agentes de segurança socioeducativos – cerca de 77% dos servidores que atuam nas 28 unidades do Sistema de Atendimento Socioeducativo do Paraná.

PRÊMIO – O Prêmio Prioridade Absoluta reconhece as melhores práticas na área de proteção aos direitos das crianças e adolescentes. Ele é dividido em três categorias no eixo Socioeducativo (Tribunal, Executivo e Universidade) e seis categorias no eixo Protetivo (Tribunal, Magistratura/Serventuário(a) do Judiciário, Órgãos do Sistema de Justiça, Sociedade Civil Organizada, Poder Executivo e Universidade). Elenca também duas menções honrosas.

O CNJ é a instância de regulamentação dos órgãos do Sistema de Justiça, reunindo Poder Judiciário, Ministérios Públicos, Defensorias, Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), além dos órgãos da área de justiça do Poder Executivo.

SOCIOEDUCAÇÃO NO PARANÁ – A Coordenação de Gestão do Sistema Socioeducativo, vinculado à Secretaria de Justiça e Cidadania (Seju), tem como atribuição primordial a gestão e a qualificação do atendimento socioeducativo de internação, internação provisória e semiliberdade, de acordo com as normas e recomendações do Sistema Nacional de Atendimento Socioeducativo (Sinase) e demais compromissos nacionais e internacionais de direitos humanos.

Estão instaladas em todo o Estado 28 unidades, distribuídas de forma descentralizada em 16 municípios. Dezenove delas são Centros de Socioeducação, em Campo Mourão, Cascavel (2), Curitiba (2), Fazenda Rio Grande, Foz do Iguaçu, Laranjeiras do Sul, Londrina (2), Maringá, Paranavaí, Pato Branco, Piraquara, Ponta Grossa, Santo Antônio da Platina, São José dos Pinhais, Toledo e Umuarama. Há, também, nove Casas de Semiliberdade, em Cascavel, Curitiba (2), Foz do Iguaçu, Londrina, Paranavaí, Ponta Grossa, Toledo e Umuarama.

São 1.150 servidores estaduais efetivos na socioeducação, além de colaboradores e voluntários externos, que auxiliam em projetos sociais e atendimentos diversos, de acordo com as ações realizadas em cada unidade.

Prudentópolis
26º
Tempo nublado
Ponta Grossa
25º
Tempo nublado
Guarapuava
23º
Tempo nublado
Curitiba
26º
Tempo limpo
Londrina
31º
Tempo limpo
União da Vitória
22º
Tempo nublado
  • É com pesar que a funerária Anjo Gabriel comunica o falecimento da sra Amelia Horodenski aos 84 anos.
  • É com pesar que e a Funerária São Josafat comunica o falecimento do senhor Elias Saplak aos 91 anos.
  • Convite para missa de 7° dia de falecimento
  • É com pesar que a Funerária Anjo Gabriel e o PAF, comunicam o falecimento da Sra. Ana Ditkun.
  • É com pesar que a Funerária São Josafat e o Plano Sindi – Saúde, comunicam o falecimento da Sra. Alayde Lichi Americano.
  • É com pesar que a Funerária São João comunica o falecimento da Sra. Maria Jak Stempniak.
  • Bispos do PR visitam Itaipu e ressaltam parcerias sociais da usina com a Cáritas, vinculada à Igreja Católica
  • Paraná foi o terceiro estado mais visitado por turistas internacionais em janeiro
  • Parques do Interior impulsionam crescimento de 64% do turismo nas Unidades de Conservação
  • Unicentro abre inscrições para o Curso Pré-Vestibular de 2024
  • Paraná apresenta novas estruturas de apoio e amplia investimentos para mulheres
  • Ações do Verão Maior Paraná tiveram impacto de R$ 107,6 milhões no PIB do Estado