Missões internacionais de 2023 trouxeram R$ 4,5 bilhões de investimentos ao Paraná

20 de dezembro de 2023 às 14:57

As missões internacionais do Governo do Estado em 2023 trouxeram como resultado R$ 4,5 bilhões em investimentos privados confirmados para o Paraná, além da prospecção de novos empreendimentos, parcerias comerciais e institucionais e a abertura de mercado para os produtos paranaenses. Juntas, as empresas que anunciaram investimentos no Estado devem gerar cerca de 2 mil novos empregos diretos e indiretos.

Neste ano, o governador Carlos Massa Ratinho Junior liderou missões para o Japão, Coreia do Sul, Canadá, Estados UnidosPortugal e Alemanha e o vice-governador Darci Piana esteve à frente de uma comitiva para a China. As agendas internacionais foram organizadas pela Invest Paraná, agência de negócios do Governo vinculada à Secretaria Estadual da Indústria, Comércio e Serviços (Seic).

Representantes da Invest também estiveram ou recepcionaram comitivas de países como a Itália, Suíça, Dinamarca, França, China, Polônia e com a província canadense de Alberta. Foram 94 agendas internacionais com foco no Paraná em 2023, incluindo missões e recepções.

“A cada lugar que fomos, conseguimos avançar em uma série de negócios e acabamos trazendo uma série de investimentos para o Paraná, que se refletem na geração de emprego e no desenvolvimento do Estado com um todo”, afirma Ratinho Junior. “Nessas missões, também temos a oportunidade de conhecer as experiências de países de primeiro mundo que podem ser replicadas no Paraná, para que possamos trazer grandes projetos que possam melhorar a vida das pessoas”.

O diretor-presidente da Invest Paraná, Eduardo Bekin, salienta que as agendas internacionais buscam mostrar os diferenciais do Paraná, destacando que o Estado é atrativo para os investidores. “Um percentual expressivo dos investimentos privados feitos no Paraná é oriundo de multinacionais. São empresas que só querem investir onde terão segurança para alocar seus recursos e ter um retorno de seus investimentos. Por isso é importante transmitir a esses executivos a segurança do nosso Estado e do nosso País”, diz.

“A cada missão internacional realizada neste ano, conseguimos trazer novos investimentos, porque apresentamos a essas companhias a marca Paraná e demonstramos que eles terão segurança e retorno ao investir em nosso Estado. Também levamos produtos paranaenses que estamos incentivando com o programa Vocações Regionais Sustentáveis”, completa.

INVESTIMENTOS – Em março, em evento com o governador em Kobe, no Japão, a Sumitomo Rubber anunciou R$ 1,06 bilhão para ampliar sua fábrica em Fazenda Rio Grande, na Região Metropolitana de Curitiba, com a previsão de gerar mil empregos direto e indiretos. A expectativa da empresa é aumentar a participação da América do Sul nas vendas, que são concentradas principalmente no Japão, América do Norte, Ásia e Europa.

Naquela mesma semana, a farmacêutica coreana Phycoil Biotechnology International assinou um Memorando de Entendimento para instalação de uma planta em Ivaiporã, na região Norte, com investimento previsto de cerca R$ 350 milhões e previsão de gerar 200 empregos diretos e indiretos. A companhia sul-coreana detém a patente de uma tecnologia que extrai ômega 3 de algas marinhas. O extrato é usado na produção de cosméticos, na indústria farmacêutica e, principalmente, na suplementação animal.

Ainda como resultado da missa à Ásia, a japonesa Nissin Foods confirmou no início de dezembro a instalação de uma fábrica para a produção de macarrão instantâneo em Ponta Grossa, nos Campos Gerais. Com investimento de R$ 1 bilhão, a construção da indústria vai começar em junho de 2024, com a conclusão prevista para março de 2026.

Em sua última missão internacional no ano, Ratinho Junior esteve na sede da multinacional Ireks, na Alemanha, e confirmou a construção de uma maltaria em Guarapuava, na região Central do Estado, em parceria com a cooperativa Agrária. Com investimento de R$ 500 milhões, a expectativa é gerar cerca de 400 empregos.

O empreendimento será tocado pela Ireks do Brasil, joint venture formada pela cooperativa e pela empresa alemã, e foi incluído no programa de incentivos fiscais do Governo do Estado. A nova indústria começará a ser construída no primeiro trimestre de 2024, com previsão de iniciar a operação em 2026.
E após uma série de reuniões com a Invest Paraná e a vinda de uma comitiva francesa ao Estado em outubro, a montadora Renault anunciou, no início do mês, a ampliação da sua fábrica em São José dos Pinhais, também na Região Metropolitana de Curitiba.

A multinacional francesa vai investir R$ 2 bilhões na produção de um novo C-SUV, que vai utilizar a mesma plataforma de montagem do Kardian, veículo que será lançado para o mercado em março de 2024. Desde 2021, a montadora destinou R$ 5,1 bilhões para a planta paranaense, com apoio do programa de incentivos fiscais do Governo do Estado.

ÁSIA – A primeira missão comercial internacional do Governo do Paraná em 2023 aconteceu entre 4 e 16 de março. O governador liderou uma comitiva para o Japão e a Coreia do Sul com a proposta de expandir as exportações paranaenses aos dois maiores mercados do leste asiático, em especial a venda de proteína suína.

A comitiva participou de reuniões com a Animal and Plant Quarantine Agency (APQA), a agência sanitária da Coreia do Sul para análise de produtos de origem animal e vegetal, e com o Ministério da Agricultura, Silvicultura e Pesca do Japão. Maior produtor nacional de proteína animal, o Paraná conquistou em 2021 o status de área livre de febre aftosa sem vacinação, o que capacita o Estado a atingir novos mercados para seus produtos, inclusive o asiático.

Outro resultado positivo dessa missão foi na área da educação. Na Coreia do Sul, que é reconhecida como um dos países com o melhor sistema educacional do mundo, Ratinho Junior pode conhecer tecnologias aplicadas às salas de aula, com o objetivo de replicar os modelos no Paraná. Em junho, três meses após a missão, a Secretaria de Estado da Educação firmou um acordo com a startup sul-coreana RIIID para o uso de novas tecnologias na rede estadual de ensino.

Durante a missão, a Invest Paraná também credenciou um escritório de representação comercial do Paraná em Seul, capital coreana. A Coreia do Sul é o sexto país a ter uma representação comercial paranaense no Exterior, com o objetivo de prospectar novos investimentos e a ampliar a presença de produtos e empresas paranaenses no país asiático.

Além das missões lideradas por Ratinho Junior, o vice-governador Darci Piana chefiou, em setembro, uma comitiva que foi à China para prospectar negócios de diversas áreas, com agendas em Xiamen e Pequim.

Na primeira cidade, Piana visitou a China International Fair for Investment and Trade (CIFIT, da sigla em inglês para Feira Internacional de Investimentos e Negócios da China), um dos maiores eventos de investimentos e promoção de negócios do mundo. Na capital chinesa, a comitiva se reuniu com executivos da CRCC International Invest, grupo que tem entre suas companhias a China Railway Construction Corporation, empresa referência global na construção de linhas férreas e metroviárias.

Como resultado dessa missão, o Estado está em negociação, atualmente, com seis empresas chinesas, com a possibilidade de investir em projetos de infraestrutura e na instalação de plantas industriais no Estado. Duas delas já vieram ao Paraná para estreitar as relações e uma terceira participou de uma rodada de negócios no Estado, além de fazer uma visita técnica ao Porto de Paranaguá.

AMÉRICA DO NORTE – Ratinho Junior também liderou missões para a América do Norte, com agendas no Canadá e os Estados Unidos, onde esteve duas vezes neste ano. O objetivo era atrair investimentos dos dois países para projetos de infraestrutura e energia, além de buscar soluções inovadoras em áreas como tecnologia, meio ambiente e turismo.

Na primeira missão aos Estados Unidos, Ratinho Junior teve uma série de reuniões com executivos e fundos de investimento para apresentar projetos de infraestrutura do Estado, como o programa de concessões rodoviárias, a Ponte de Guaratuba, o Moegão do Porto de Paranaguá e a Nova Ferroeste, além de buscar novas parcerias com o Banco Mundial, na capital Washington. A Invest Paraná também promoveu uma edição em Nova York do Paraná Day, para apresentar as vantagens competitivas do Estado a investidores estrangeiros.

Na viagem realizada em julho para o Canadá, a comitiva apresentou o programa Banco de Alimentos Comida Boa à Organização das Nações Unidas (ONU) no Canadá e também reafirmou a parceria do Governo do Estado com o Secretariado da Convenção sobre Diversidade Biológica (SCDB), da ONU, para compensar as pegadas de carbono da entidade.

Na segunda viagem aos Estados Unidos, a comitiva se reuniu com a governadora de Iowa, Kim Reynolds, para trocar experiências entre o Paraná e o estado norte-americano em áreas como agronegócio e educação. Uma das principais regiões agrícolas dos Estados Unidos, localizado no chamado cinturão do milho, o estado do Iowa tem muitas similaridades com o Paraná, já que ambos são grandes produtores mundiais de alimentos. Agora, o Paraná negocia a recepção de uma comitiva de Iowa ao Estado em 2024.

EUROPA – Outro continente alvo das missões internacionais paranaenses foi a Europa, com viagens a Portugal e Alemanha. A primeira, realizada em maio e organizada pela Celepar, teve encontros com empresas, investidores e diplomatas para apresentar as oportunidades de negócios no Estado, além da visita técnica a hubs de tecnologia e inovação portugueses. Em Lisboa, a Invest Paraná promoveu uma nova edição internacional do Paraná Day.

A última missão do ano foi para a Alemanha e aconteceu em novembro e incluiu encontros com empresas de equipamentos e tecnologia para o setor agrícola, companhias agroindustriais, automotivas, entre outras. No País, que é referência em engenharia e desenvolvimento sustentável, o governador confirmou o investimento de R$ 500 milhões da Ireks e da Cooperativa Agrária, além de buscar novas parcerias e novos investimentos de multinacionais como a KroneAudiPetkus e Horsch.

Prudentópolis
19º
Tempo nublado
Ponta Grossa
18º
Tempo nublado
Guarapuava
18º
Tempo nublado
Curitiba
19º
Tempo nublado
Londrina
23º
Parcialmente nublado
União da Vitória
19º
Tempo nublado
  • É com pesar que a Funerária São João comunica o falecimento da Sra. Maria Jak Stempniak.
  • Prefeito de Ivaí Orli de Cristo lamenta a morte do Sr Guilherme Salvadori aos 106 anos de idade
  • É com pesar que a Funerária São João comunica o falecimento do Jovem Emerson Alexsandro Okaranski
  • É com pesar que a Funerária São João e o Plano UNI PAZ, comunicam o falecimento da pequena Mariah Parkuts Datczuk.
  • É com pesar que e a Funerária São Josafat comunica o falecimento da senhora Zenobia Kraiczk aos 71 anos.
  • É com pesar que a Funerária São João e o Plano UNI PAZ, comunicam o falecimento da Sr. Theodosio Vencelovicz.
  • Concurso com sete vagas na Polícia Penal do Paraná está com inscrições abertas
  • Governo do Estado organiza 6° Fórum Paranaense de Turismo Religioso em Lunardelli
  • Programa Nota Paraná reforça canais de fiscalização sobre documentos fiscais cancelados
  • Copel produz primeiras moléculas de hidrogênio renovável em Curitiba
  • Paraná teve o maior crescimento da atividade econômica do Brasil em 2023
  • Em visita à Embaixada do Brasil no Chile, Paraná busca aumentar fluxo de turistas sul-americanos