Família de vítima de covid deverá ser indenizada em R$ 1,4 milhão

27 de dezembro de 2023 às 09:36

A Justiça Federal no Amazonas decidiu que os familiares de uma mulher que morreu durante a pandemia de covid-19 devem ser indenizados em R$ 1,4 milhão.

O pagamento da quantia deverá ser dividido entre os governos federal e estadual, além da prefeitura de Manaus, em função da falta de oxigênio na cidade, em 2021. Cabe recurso contra a decisão.

Leoneth Cavalcante de Santiago foi internada em janeiro de 2021 com sintomas críticos de covid. Em seguida, o quadro evoluiu para desconforto respiratório e ela precisaria ser internada em uma UTI, mas não havia vagas disponíveis.

Sem oxigênio e sem vaga na UTI, Leoneth faleceu no dia 15 de janeiro. A família chegou a obter uma liminar da Justiça para garantir o tratamento intensivo, mas a decisão não chegou a ser cumprida em função do falecimento.

Na ação, os familiares de Leoneth alegaram que a morte ocorreu durante o colapso no fornecimento de oxigênio para o Amazonas, fato que também ocasionou diversos falecimentos de pacientes no estado.

Eles também afirmaram que é obrigação dos governos garantirem os serviços essenciais para a assistência à saúde.

Diante dos fatos, os familiares solicitaram o pagamento de indenização e a responsabilização dos governos federal, estadual e municipal pela morte.

Ao julgar o caso, a juíza Jaiza Maria Fraxe afirmou que houve omissão dos governos em abastecer adequadamente as unidades de saúde com oxigênio e garantir leitos de UTI e determinou o pagamento de R$ 1,4 milhão de indenização.

“O desespero, a dor, a tristeza e a revolta experimentados pelo marido e pelos filhos ao saberem que sua esposa e mãe perdeu a vida asfixiada por falta de oxigênio e sem receber o atendimento necessário para salvar sua vida é evidente e refoge ao simples dissabor do dia a dia”, escreveu a juíza.

Prudentópolis
16º
Tempo nublado
Ponta Grossa
16º
Tempo nublado
Guarapuava
15º
Tempo nublado
Curitiba
19º
Tempo nublado
Londrina
21º
Tempo nublado
União da Vitória
16º
Tempo nublado
  • É com pesar que a Funerária São João e o Plano UNI PAZ, comunicam o falecimento da pequena Mariah Parkuts Datczuk.
  • É com pesar que e a Funerária São Josafat comunica o falecimento da senhora Zenobia Kraiczk aos 71 anos.
  • É com pesar que a Funerária São João e o Plano UNI PAZ, comunicam o falecimento da Sr. Theodosio Vencelovicz.
  • É com pesar que a Funerária São João e o Plano UNI PAZ, comunicam o falecimento da Sra. Maria Eufrida Lopes Iensen.
  • É com pesar que a Funerária São Josafat e o Plano Sindi-Saúde, comunicam o falecimento da Sra. Maria da Aparecida Rodrigues.
  • É com pesar que a Funerária São João comunica o falecimento da Sr. Irineu Ripula.
  • Programa Nota Paraná reforça canais de fiscalização sobre documentos fiscais cancelados
  • Copel produz primeiras moléculas de hidrogênio renovável em Curitiba
  • Paraná teve o maior crescimento da atividade econômica do Brasil em 2023
  • Em visita à Embaixada do Brasil no Chile, Paraná busca aumentar fluxo de turistas sul-americanos
  • Vencimento da 2ª parcela do IPVA para placas com final 9 e 0 é nesta sexta-feira
  • Dia de Campo apresenta novas oportunidades para produtores de Irati