Projeto da Unicentro promove educação ambiental gratuita em Guarapuava

24 de janeiro de 2024 às 18:08

Difundir conhecimentos relacionados à fauna silvestre, promover a educação e valorizar a importância da conservação ambiental. Com este intuito, estudantes e professores do curso de Medicina Veterinária da Universidade Estadual do Centro-Oeste (Unicentro) promovem visitas guiadas aos laboratórios do curso, para a população de Guarapuava, no Centro-Sul do Estado.

A ação faz parte do projeto de extensão “Medicina da Conservação na Escola: uma ponte entre o Centro de Triagem e Reabilitação de Animais Silvestres e a comunidade”, vinculado ao Programa Universidade Sem Fronteiras, política pública de Estado, e coordenado pela Secretaria da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Seti). O custeio é do Fundo Paraná, responsável pelo fomento da ciência e tecnologia.

O projeto é aberto para a comunidade e focado na conscientização ambiental por meio de diferentes atividades. Uma delas é a ação Crianças em Defesa da Fauna que acontece nas tardes de sábado, no Campus Cedeteg.

Participam estudantes de 9 a 14 anos, matriculados na rede pública de ensino do município. O projeto também inclui atividades educativas ambientais, em parceria com a Fundação Proteger, com crianças e adolescentes abrigados e em situação de vulnerabilidade.

Durante o encontro são realizadas dinâmicas pedagógicas com a simulação de resgate de animais e os participantes conhecem técnicas para a conservação da fauna. Há também atividades de arte coletiva e de recreação, como piqueniques. As inscrições são gratuitas e as vagas limitadas.

Além das crianças, o projeto também desenvolve ações com idosos da Instituição de Longa Permanência de Idosos Airton Haenisch e a população em geral, com ações educativas ambientais para estimular o conhecimento sobre a fauna da região.

Os professores e alunos de Medicina Veterinária atuam na feira agroecológica que acontece semanalmente no Cedeteg, com a exposição de animais taxidermizados.

O projeto prevê também um curso de medicina de animais silvestres para estudantes e profissionais das áreas de Medicina Veterinária e Ciências Biológicas que desejem atuar de forma voluntária no Centro de Apoio à Fauna Silvestre (CAFS).

A capacitação, que acontece nos dias 2, 3 e 4 de fevereiro, aborda noções de manejo alimentar e sanitário de animais silvestres que estão em tratamento e reabilitação. As inscrições estão abertas, com taxa de R$ 10 para estagiários do CAFS e R$ 20 para público externo.

O coordenador do projeto, Rodrigo Antonio Martins de Souza, professor do Departamento de Medicina Veterinária, destaca a importância da extensão universitária para a educação ambiental. “Ao perceber que a fauna silvestre é vitimada pelo conflito com diversas atividades humanas, é evidente que acolher e tratar os animais é apenas a parte inicial da solução, e devemos entender o nosso convívio com os animais silvestres”, afirma. “A iniciativa do projeto é baseada nisso, ao mostrarmos o trabalho do CAFS, contribuímos com a educação ambiental da população”.

CAFS – Os Centros de Apoio à Fauna Silvestre prestam atendimento médico-veterinário para espécies da fauna silvestre nativa e exótica do Paraná, que são vítimas de acidentes ou maus-tratos, com o objetivo de devolver os animais com saúde para a natureza.

São quatro centros em funcionamento no Estado. A unidade de Guarapuava atende cidades da região Central, o Centro-Sul, Litoral, Sudoeste, Noroeste e Metropolitana de Curitiba.

O trabalho dos CAFS é realizado em parceria com o Instituto Água e Terra (IAT), que faz o transporte até as unidades e, quando o animal atendido foi resgatado em local distante, o Instituto também faz o deslocamento novamente ao habitat natural.

Serviço:

Feira Agroecológica

Data: às quintas-feiras

Local: Câmpus Cedeteg em Guarapuava

Crianças em Defesa da Fauna

Data: 27/01

Local: Câmpus Cedeteg em Guarapuava

Horário: 13h30 às 17h

Inscrições: AQUI

Curso do Centro de Apoio à Fauna Silvestre

Data: 02 a 04/02

Local: Câmpus Cedeteg em Guarapuava

Inscrições: AQUI

Atividade com a Fundação Proteger

Data: 17/02 e 24/02

Local: Rua Xavier da Silva, 1807 – Centro – Guarapuava

Prudentópolis
21º
Parcialmente nublado
Ponta Grossa
20º
Tempo limpo
Guarapuava
19º
Tempo limpo
Curitiba
21º
Parcialmente nublado
Londrina
24º
Parcialmente nublado
União da Vitória
21º
Tempo nublado
  • É com pesar que e a Funerária Anjo Gabriel comunica o falecimento do Sr Antonio Valdivino Ribeiro dos Santos
  • É com pesar que e a Funerária São Josafat  comunica o falecimento da Sra Nadia Martinhuk  Gelinski aos 81 anos de idade.
  • É com pesar que a Funerária São João e o Plano UNI PAZ, comunicam o falecimento da Sra. Olga Prenechuki Rodovanaki
  • É com pesar que a Funerária São João e o Plano UNI PAZ, comunicam o falecimento da Sra. Amélia Andre Suchodolak.
  • É com pesar que a Funerária São João e o Plano UNI PAZ, comunicam o falecimento da Sra. Nair Alves De Oliveira Parolin.
  • É com pesar que e a Funerária São Josafat  comunica o falecimento do Sr Jose Olovati aos 78 anos.
  • Cristina Silvestri pede ação do Estado para garantir direitos dos proprietários de terra em Guaíra
  • Comemoração aos 118 anos de Prudentópolis terá Show Especial com Padre Ezequiel Dal Pozzo
  • Mais R$ 5,5 milhões da indenização da Petrobras irão para novos projetos ambientais
  • Inscrições: Empreendedoras da Beleza oferta cursos gratuitos de maquiagem na RMC
  • Com novo comitê, Paraná atinge 100% de cobertura das regiões hídricas do Estado
  • Estado reforça apoio aos municípios para mulheres, igualdade racial e idosos