Em visita à Movelpar, governador destaca força das indústrias moveleiras do Paraná

1 de fevereiro de 2024 às 14:29

Durante a sua visita à Arapongas nesta quinta-feira (1), onde inaugurou um novo pronto socorro com 140 leitos, o governador Carlos Massa Ratinho Junior também aproveitou para participar do último dia da Movelpar Home Show. No evento, que é o maior do segmento no Brasil, ele exaltou a força da feira e do setor moveleiro do Paraná como um todo, em especial das indústrias instaladas em Arapongas e região.

“É uma alegria participar da Movelpar mais uma vez, especialmente nesta que é a maior edição da história tanto em indústrias participantes quanto em volume de vendas”, disse Ratinho Junior, referindo-se aos 160 expositores e cerca de 17 mil visitantes esperado, que juntos devem ultrapassar o volume de operações da edição passada, quando foram movimentados cerca de R$ 650 milhões.

“O sucesso da Movelpar reflete o sucesso do parque moveleiro de Arapongas, que é uma referência para o Brasil e também para fora do Brasil, tendo em vista que tivemos aqui rodadas negócios com representantes de 18 países”, acrescentou o governador.

De acordo com o Sindicato das Indústrias de Móveis de Arapongas (SIMA), o polo engloba 42 municípios da região e representa 10% de toda a produção nacional de móveis. Atualmente, 1.009 empresas moveleiras atuam na região, empregando cerca 19,5 mil pessoas em toda a cadeia produtiva. Apenas em Arapongas funcionam 367 plantas industriais.

Atualmente, os móveis produzidos na região chegam a 60 países das Américas, Europa, Ásia, Oriente Médio e África. O volume de vendas internacionais faz com que a região responda, sozinha, por 12% dos móveis exportado pelo Brasil em valores.

Os números fizeram com que, em novembro de 2023, a cidade fosse oficialmente intitulada como a Capital Moveleira Nacional. O título foi concedido pelo governo federal com a publicação da Lei 14.728/2023, resultado do projeto de lei que tramitou no Congresso Nacional.

As recentes conquistas fizeram com que a organização da Movelpar Home Show e o SIMA optassem por torná-la anual, em substituição ao antigo sistema que funcionava a cada dois anos. Assim como nas edições anteriores, a de 2024 conta com o apoio do Governo do Estado por meio da Secretaria da Indústria, Comércio e Serviço, Fomento Paraná e o Banco Regional de Desenvolvimento (BRDE)

“Este reconhecimento nacional que Arapongas recebeu, assim como o crescimento da Movelpar, são garantias de que novos empregos vão continuar a ser gerados na região. Com a Movelpar sendo realizada anualmente, as fábricas e empresas terão uma capacidade de vender e exportar ainda mais”, concluiu Ratinho Junior.

Prudentópolis
11º
Parcialmente nublado
Ponta Grossa
12º
Tempo limpo
Guarapuava
11º
Parcialmente nublado
Curitiba
10º
Neblina
Londrina
14º
Tempo limpo
União da Vitória
11º
Parcialmente nublado
  • É com pesar que e a Funerária Anjo Gabriel comunica o falecimento do Sr Antonio Valdivino Ribeiro dos Santos
  • É com pesar que e a Funerária São Josafat  comunica o falecimento da Sra Nadia Martinhuk  Gelinski aos 81 anos de idade.
  • É com pesar que a Funerária São João e o Plano UNI PAZ, comunicam o falecimento da Sra. Olga Prenechuki Rodovanaki
  • É com pesar que a Funerária São João e o Plano UNI PAZ, comunicam o falecimento da Sra. Amélia Andre Suchodolak.
  • É com pesar que a Funerária São João e o Plano UNI PAZ, comunicam o falecimento da Sra. Nair Alves De Oliveira Parolin.
  • É com pesar que e a Funerária São Josafat  comunica o falecimento do Sr Jose Olovati aos 78 anos.
  • Pavimentação de estradas rurais: convênios firmados no 1º semestre somam R$ 125 milhões
  • Governo Federal adia teste de alerta de desastres climáticos em Morretes e União da Vitória
  • Educação divulga resultado preliminar de classificados para o Ganhando o Mundo Diretor
  • Nova espécie de abelha é descoberta por professora da Unicentro
  • Concessionária apresenta agenda de obras rodoviárias para comunidade portuária
  • Cristina Silvestri pede ação do Estado para garantir direitos dos proprietários de terra em Guaíra