Copel investe R$ 252 milhões para fortalecer conexões do Noroeste

16 de fevereiro de 2024 às 15:02

A Copel já colocou em execução um amplo plano de investimentos para fortalecer e modernizar a infraestrutura elétrica do Noroeste do Paraná ao longo de 2024. O montante total destinado à região atinge a marca de R$ 252,5 milhões para o período, abrangendo uma gama diversificada de projetos e iniciativas. Dentre as principais obras, destacam-se a construção das subestações Morangueira, em Maringá, Bandeira, em Campo Mourão, e Cinturão Verde, em Cianorte, além de novas redes, instalação de transformadores e aportes no Paraná Trifásico.

“O Noroeste do Paraná está crescendo e a Copel trabalha para garantir a infraestrutura elétrica necessária para o desenvolvimento dos municípios da região”, ressalta Edison Ribeiro da Silva, superintendente de engenharia de expansão da Copel. Ele frisa que, além dos principais empreendimentos, a companhia está investindo na modernização de suas redes, na instalação de novos equipamentos e em outras obras de atendimento ao consumidor. “A região é uma das principais beneficiadas pelo plano de investimentos de R$ 2,091 bilhões da Copel neste ano”.

Dentro do montante total, R$ 53,6 milhões serão destinados especificamente a obras de alta tensão. Este segmento engloba a construção de novas subestações, expansão de linhas existentes e a implementação de infraestrutura vital para o fornecimento seguro e eficiente de energia elétrica.

Um dos projetos de maior destaque é a construção da nova subestação Morangueira, em Maringá. Projetada para operar em 138 mil volts, a unidade está recebendo um investimento de R$ 44 milhões e deve entrar em operação até o final do ano.

Os outros dois empreendimentos similares, em Campo Mourão (Centro-Oeste) e Cianorte, também vão operar em 138 mil volts. O primeiro município será beneficiado pela subestação Bandeira, cujos investimentos somam R$ 59 milhões. A previsão de entrada em operação é no início de 2025. Em Cianorte, a nova subestação Cinturão Verde será entregue também no ano que vem. Os investimentos do empreendimento, que incluem duas linhas de distribuição para conectá-lo ao sistema, totalizam R$ 49,1 milhões.

Dentre as obras de modernização e ampliação das subestações já existentes na região Noroeste, destacam-se as melhorias que estão sendo feitas na unidade Jardim Alvorada, em Maringá. A obra está absorvendo R$ 24 milhões em investimentos. Em Colorado, o valor aplicado para modernizar a subestação que leva o nome do município totaliza R$ 11 milhões. Há, ainda, obras de melhoria previstas para as subestações de 34,5 mil volts em Roncador, Moreira Sales, Jussara e Maria Helena, com aportes de R$ 1,5 milhão em cada.

Outra parcela significativa dos investimentos, de R$ 198,8 milhões, será direcionada a obras de média e baixa tensão. Esse segmento contempla a instalação de equipamentos de automação e modernização da rede, totalizando R$ 9 milhões, além de R$ 54,8 milhões destinados ao atendimento de solicitações específicas de consumidores.

PARANÁ TRIFÁSICO – O montante também inclui os investimentos no Paraná Trifásico, que receberá um aporte de R$ 120,4 milhões para expansão da rede rural. Trata-se do maior programa de energia rural no País, pelo qual a Copel está ampliando e modernizando a infraestrutura elétrica no campo. As novas redes, além de mais resistentes, dispõem de equipamentos interligados e automatizados que, em caso de desligamentos, são capazes de restabelecer o fornecimento de energia em poucos segundos.

Em todo o Paraná, a companhia já construiu 15,3 mil quilômetros de redes trifaseadas com o programa. Somente no Noroeste já foram entregues 2,5 mil quilômetros. Entre os municípios beneficiados, estão Umuarama, com 106 quilômetros construídos, Nova Cantu, com 94 km, e Mandaguari, com 93 km entregues.

Prudentópolis
22º
Tempo nublado
Ponta Grossa
21º
Parcialmente nublado
Guarapuava
20º
Tempo nublado
Curitiba
20º
Tempo nublado
Londrina
29º
Parcialmente nublado
União da Vitória
18º
Parcialmente nublado
  • É com pesar que e a Funerária São Josafat comunica o falecimento do Sr Salvador Szawczuk aos 77 anos de idade
  • É com pesar que e a Funerária São Josafat comunica o falecimento do Sr Severo Czekalski aos 46 anos de idade vitima de acidente
  • É com pesar que a Funerária São Josafat e o Plano Sindi Saude, comunicam o falecimento do Sr. Teodozio Kusma, aos 63 anos de idade.
  • É com pesar que a Funerária São Josafat e o Plano Sindi Saude, comunicam o falecimento do Sr. Sebastião Gonçalves da Silva, aos 83 anos de idade.
  • É com pesar que a Funerária São Josafat e o Plano Sindi Saude, comunicam o falecimento do Sr. Pedro Machado Alves, aos 75 anos de idade.
  • É com pesar que e a Funerária São Josafat comunica o falecimento do senhor Miguel Papis aos 63 anos.
  • Unioeste divulga aprovados em seleção de Residência Técnica em Economia Rural
  • Paraná mantém liderança nacional em ranking de inovação e sustentabilidade
  • Comitiva do Paraná começa agenda na Índia com visita a gigante global de tecnologia
  • Período mais seco: IAT faz alerta sobre incêndios nas Unidades de Conservação do Paraná
  • Comércio paranaense cresceu 6,9% nos primeiros meses de 2024, melhor resultado do Sul
  • Paraná vai produzir 1,25 bilhão de litros de etanol na atual safra, aponta boletim