Comitiva do Governo visita empresa norte-americana referência global em irrigação

21 de fevereiro de 2024 às 13:48

A comitiva paranaense liderada pelo governador Carlos Massa Ratinho Junior continua a cumprir agendas no estado do Nebraska, nos Estados Unidos, com foco em conhecer tecnologias utilizadas para sistemas de irrigação. A reunião desta quarta-feira (21) foi com representantes da Valley Irrigation, uma gigante do setor com presença em mais de 100 países, incluindo o Brasil.

O principal interesse da delegação paranaense, formada por representantes do Governo do Estado, setor produtivo e cooperativas agrícolas, além da Ag4Up, que ajudou a organizar a viagem, é nos chamados pivôs de irrigação, uma ferramenta moderna amplamente utilizada nos Estados Unidos e em alguns locais da Europa. Tratam-se sistemas de irrigação mecanizados que se movem em círculo em torno de um ponto central, irrigando grandes áreas de terra de forma uniforme e eficiente.

Na avaliação do governador, com planejamento adequado, investimento em tecnologia e capacitação dos produtores, os pivôs de irrigação podem aumentar a competitividade do agronegócio paranaense. “Com o uso adequado dessa tecnologia, o Paraná pode aumentar a sua produção agrícola, diversificar as suas culturas, gerar mais empregos e renda e contribuir para a segurança alimentar do Brasil e do mundo”, afirmou Ratinho Junior.

No caso da soja, cuja colheita recorde de 1,2 milhão de toneladas em janeiro representou exportações de US$ 542,2 milhões para o Estado, o aumento da produtividade é estimado em 20% em relação às áreas não irrigadas. Nas áreas de pastagem para gado, o aumento chega a 50%, enquanto no milho, que também representa boa parte da safra estadual, os ganhos podem ser de até 70%.

Outro fator relevante é a crescente pressão pelo uso sustentável da água em nível global, o que torna a implantação de sistemas de irrigação ainda mais urgente. O uso de pivôs de irrigação permite o controle preciso da quantidade de água aplicada de forma mais eficiente do que outros métodos tradicionais, pois há menos perda de água por evaporação, o que também reduz os custos de produção. O sistema também pode ser utilizado para aplicação de fertilizantes e defensivos agrícolas de forma mais eficiente, otimizando o uso desses insumos.

REFERÊNCIA – Primeira a trabalhar com os pivôs de irrigação no mundo, a Valley conta atualmente com mais de 11 mil empregados, estando a maior parte deles concentrada nos Estados Unidos. Na América Latina, o Brasil representa o segundo maior mercado consumidor da empresa, que possui uma planta industrial em Uberaba e uma distribuidora em Ribeirão Preto.

De acordo com o vice-presidente de Estratégia da Valley Irrigation, Darren Siekman, além de ser pioneira no setor a empresa tem uma longa história de relações com o Brasil. Ele explicou que a tecnologia pode ajudar os agricultores do Paraná a incrementarem a sua produção.

“A ideia é que o produtor consiga, por meio do pivô, enxergar tudo o que está ocorrendo na sua propriedade, e a intermediação do Governo do Estado é importante para acelerar esse processo de modernização no campo”, argumentou Siekman. “Com isso, o Paraná pode se tornar o primeiro em produção de grãos na América Latina”.

Outra vantagem apontada pelo representante da empresa é a geração de novos postos de trabalho em virtude da expansão da área irrigada, tanto na instalação e operação dos pivôs quanto na produção e comercialização de novas culturas que podem ser cultivadas em áreas irrigadas.

AGENDAS – Além da Valley, a missão do Paraná nos Estados Unidos também visitou na segunda-feira (19) a sede da Lindsay Corporation, outra importante empresa do segmento no Nebraska. Na terça (20), a comitiva se reuniu com o governador do Nebraska, com quem Ratinho Junior discutiu sobre a experiência americana com a irrigação, onde é utilizada desde a década de 1950, bem como maneiras para desburocratizar o seu processo de implementação.

Prudentópolis
24º
Tempo limpo
Ponta Grossa
23º
Tempo limpo
Guarapuava
24º
Tempo limpo
Curitiba
23º
Parcialmente nublado
Londrina
28º
Parcialmente nublado
União da Vitória
24º
Tempo limpo
  • É com pesar que e a Funerária Anjo Gabriel comunica o falecimento do Sr Abel Zaias aos 70 anos de idade.
  • É com pesar que e a Funerária Anjo Gabriel comunica o falecimento da Sra Izaide Josefa Gonçalves aos 84 anos de idade
  • É com pesar que Comunicamos  o falecimento da Sra Sophia Horbus, mãe do Padre Dionísio, nosso pároco!
  • É com pesar que e a Anjo Gabriel comunica o falecimento do Sr Carmelino Souza aos 70 anos de idade.
  • É com pesar que e a Funerária São Josafat comunica o falecimento do Sr Salvador Szawczuk aos 77 anos de idade
  • É com pesar que e a Funerária São Josafat comunica o falecimento do Sr Severo Czekalski aos 46 anos de idade vitima de acidente
  • Solenidade de formatura alusiva a tiradentes no 16⁰ BPM
  • Moradora de Prudentópolis cai em golpe virtual e perde cerca de quinze mil reais
  • Mais de 930 mil alunos da rede estadual fazem a Prova Paraná a partir de segunda-feira
  • Provas do concurso para perito criminal serão realizadas domingo em três cidades
  • 4ª parcela do IPVA de veículos com final de placa 5 e 6 vence nesta sexta-feira
  • Professoras da rede estadual transformam experiências de vida em livros infantis