Parques do Interior impulsionam crescimento de 64% do turismo nas Unidades de Conservação

28 de fevereiro de 2024 às 16:37

As Unidades de Conservação (UCs) do Paraná administradas pelo Instituto Água e Terra (IAT) receberam 545.460 visitantes em 2023, um aumento de 64% em relação ao ano anterior, quando 331.206 frequentaram os parques estaduais. O levantamento leva em consideração 24 unidades abertas à visitação – o Parque Estadual Pau Oco (Morretes), Mata dos Godoy (Londrina) e Ilha das Cobras (Paranaguá) estão fechados para reforma.

A alta expressiva, marca histórica dentro do órgão ambiental, foi puxada especialmente por complexos ambientais não muito conhecidos pela população: o Parque Estadual Rio Guarani, Três Barras do Paraná, na região Centro-Sul; e o Parque Estadual Mata São Francisco, entre Cornélio Procópio e Santa Mariana, no Norte. Ambos tiveram mais de 80% de crescimento no público.

Em números absolutos quem mais atraiu turistas foi o Parque da Ilha do Mel, em Paranaguá, no Litoral, com 172.952 frequentadores, um acréscimo de 48% em relação a 2022 (116.637 pessoas). O Parque Estadual Rio Guarani (Oeste) foi a Unidade de Conservação que apresentou a maior taxa de elevação no número de visitas em 2023. Passou de 1.229 pessoas para 2.268, incremento de 84%.

Para o diretor de Patrimônio Natural do IAT, Rafael Andreguetto, a consolidação do projeto Parques Paraná, implementado pelo Governo do Estado em 2019, ajuda a explicar a relevância que passaram a ter os atrativos naturais do Estado. A iniciativa é dividida em quatro linhas: Uso Público e Turismo, Paraná Aventura, Parque Escola e Voluntariado.

O objetivo da proposta é a integração com a população e a modernização das formas de gestão, gerando um convívio consciente com o meio ambiente e promovendo a conservação e a educação ambiental de forma ativa. “O projeto propicia a qualificação e a promoção das Unidades de Conservação abertas à visitação no Paraná, além da ampla divulgação destes destinos”, afirmou.

“Fizemos um trabalho de educação ambiental nos municípios em torno da UC, como Três Barras do Paraná, Boa Vista da Aparecida e Quedas do Iguaçu, justamente para incentivar a visitação ao parque para fins de ecoturismo, por isso o resultado foi bem favorável”, explicou o chefe responsável pelo parque estadual, Norci Nodari. “Atrair esses visitantes é muito importante para que as pessoas desenvolvam um carinho pelo parque e, consequentemente, colaborem com o propósito de proteção ambiental”.

O Parque Estadual Mata São Francisco é outro exemplo de sucesso. Ele recebeu 5.853 visitantes, aumento de 82% em relação a 2022 (3.211 pessoas). “Esse crescimento está relacionado principalmente à retomada das visitas de escolas da região após a pandemia para ações de educação ambiental. Além disso, percebemos que um número significativo de pessoas começou a frequentar o complexo após o evento de divulgação ‘Um dia no parque’, realizado em julho do ano passado em municípios da região”, destacou a gestora da UC do Norte paranaense, Bruna Fávaro.

OUTROS PARQUES – Além desses líderes de visitação, a pesquisa apontou também que sete outros parques estaduais atingiram em 2023 o recorde de turistas. São eles: o Parque Estadual do Monge, na Lapa, com 83.871 pessoas; Parque Estadual de Vila Velha, em Ponta Grossa (79.787); Parque Estadual Serra da Baitaca, em Quatro Barras (63.693); Parque Estadual do Guartelá, em Tibagi (20.095); Monumento Natural Salto São João, em Prudentópolis (16.860); Parque Estadual Pico Marumbi, em Morretes (16.784); e Parque Estadual Pico Paraná, entre Campina Grande do Sul e Antonina (13.591).

ÁREA VERDE – O Paraná possui atualmente 72 Unidades de Conservação catalogadas pelo IAT, das quais 25 estão atualmente abertas para visitação. Esse montante compreende 26.250,42 km² de áreas protegidas por legislação, formadas por ecossistemas livres que não podem sofrer interferência humana ou àquelas com o uso sustentável de parte dos seus recursos naturais, como os parques abertos à visitação pública.

Essas áreas de proteção são divididas em UCs estaduais de Uso Sustentável, com 10.470,74 km²; UCs estaduais de Proteção Integral (756,44 km²), Áreas Especiais de Uso Regulamentado (Aresur), 152,25 km², e Áreas Especiais e Interesse Turístico (AEIT), com 670,35 km², todas com administração do Governo do Estado.

O cenário se completa com as Reservas Particulares do Patrimônio Natural, as chamadas RPPNs, que somam atualmente 553,83 km²; terras indígenas, com 846,87 km²; e Unidades Federais, de 8.840,39 km², sendo o Parque Nacional do Iguaçu, em Foz do Iguaçu, a área mais simbólica; e Unidades Municipais (3.959,55 km²), como o Parque Barigui, em Curitiba.

Mais informações sobre os parques estaduais estão disponíveis no site do IAT.

Unidades de Conservação mais visitadas do Paraná em 2023:

1º – Ilha do Mel – 172.952 pessoas

2º – Monge – 83.871 pessoas

3º – Vila Velha – 79.787 pessoas

4º – Serra da Baitaca – 63.693 pessoas

5º – Guartelá – 20.095 pessoas

Parques do Estado com maior aumento no número de visitantes entre 2022 e 2023:

1º – Rio Guarani – 84%

2º – Mata São Francisco – 82%

3º – Ilha do Mel – 48%

4º – Pico Marumbi – 46%

5º – Salto São Francisco – 33%

 

Foto: José Fernando Ogura

Prudentópolis
16º
Tempo nublado
Ponta Grossa
16º
Tempo nublado
Guarapuava
16º
Tempo nublado
Curitiba
18º
Tempo nublado
Londrina
21º
Parcialmente nublado
União da Vitória
17º
Tempo nublado
  • É com pesar que e a Funerária São Josafat comunica o falecimento do Sr Salvador Szawczuk aos 77 anos de idade
  • É com pesar que e a Funerária São Josafat comunica o falecimento do Sr Severo Czekalski aos 46 anos de idade vitima de acidente
  • É com pesar que a Funerária São Josafat e o Plano Sindi Saude, comunicam o falecimento do Sr. Teodozio Kusma, aos 63 anos de idade.
  • É com pesar que a Funerária São Josafat e o Plano Sindi Saude, comunicam o falecimento do Sr. Sebastião Gonçalves da Silva, aos 83 anos de idade.
  • É com pesar que a Funerária São Josafat e o Plano Sindi Saude, comunicam o falecimento do Sr. Pedro Machado Alves, aos 75 anos de idade.
  • É com pesar que e a Funerária São Josafat comunica o falecimento do senhor Miguel Papis aos 63 anos.
  • Unioeste divulga aprovados em seleção de Residência Técnica em Economia Rural
  • Paraná mantém liderança nacional em ranking de inovação e sustentabilidade
  • Comitiva do Paraná começa agenda na Índia com visita a gigante global de tecnologia
  • Período mais seco: IAT faz alerta sobre incêndios nas Unidades de Conservação do Paraná
  • Comércio paranaense cresceu 6,9% nos primeiros meses de 2024, melhor resultado do Sul
  • Paraná vai produzir 1,25 bilhão de litros de etanol na atual safra, aponta boletim