Inovação no combate à dengue: Guarapuava utilizará drone para a fiscalização de focos do mosquito

14 de março de 2024 às 09:57

INOVAÇÃO NO COMBATE À DENGUE: GUARAPUAVA UTILIZARÁ DRONE PARA A FISCALIZAÇÃO DE FOCOS DO MOSQUITO

13/03/2024

Os drones têm o potencial de aumentar o alcance das buscas e agilizar o processo de identificação e eliminação de focos de dengue, inclusive em locais remotos.

 

Em um esforço contínuo para combater a proliferação da dengue, Guarapuava passa a adotar uma abordagem inovadora: o uso de drone para fiscalização e monitoramento de focos do Aedes aegypti, mosquito transmissor da doença.

A iniciativa visa ampliar a eficiência das ações de controle e proteção da população contra o problema.

Tiago Bronoski, representante da Defesa Civil local, disse da importância da tecnologia nesse avanço. “Guarapuava está em constante crescimento tecnológico e, nesse sentido, estamos avançando também no controle, proteção e segurança da população.

A tecnologia está disponível e devemos usá-la para ampliar o atendimento às pessoas, trazendo resultados significativos para todos”, declarou Bronoski.

A ideia de utilizar drones surgiu da necessidade de fiscalizar e monitorar locais de difícil acesso, onde os agentes de saúde enfrentam obstáculos. “Esses dispositivos facilitarão a detecção de focos do mosquito em áreas de difícil alcance, que possivelmente não seriam identificadas facilmente a olho nu”, explica Bronoski.

De acordo com Luiz Augusto Klosowski (Guto), secretário interino de Saúde, o uso dessa tecnologia ajudará nos bloqueios químicos.

“Com o número crescente de notificações de pacientes suspeitos, o protocolo do Ministério da Saúde de combate à dengue orienta que sejam feitos bloqueios químicos na região dos casos, isto é, a passagem de inseticida para eliminar o mosquito fêmea na fase adulta, além da eliminação dos criadouros.

A utilização do apoio dessa tecnologia vai ajudar na localização de focos de dengue em lugares de difícil acesso que possivelmente não seriam identificados por um agente de combate às endemias”, ressaltou.

Na quinta-feira (14), serão realizados bloqueios químicos utilizando inseticida com bomba-costal nas áreas mais afetadas da cidade. Na sexta-feira (15), um mutirão será realizado nessas áreas para eliminar possíveis focos do mosquito, como água parada em recipientes ou áreas propensas ao desenvolvimento de larvas.

“A parceria com a Defesa Civil para o uso de drones facilitará o acesso a locais de difícil alcance, como caixas d’água em telhados e áreas de mata fechada. O drone foi incluído para auxiliar nessa ação”, reforça a diretora do Departamento de Vigilância em Saúde, Bruna Tembil.

“Desde os primeiros casos notificados, nós estamos planejando diversas ações, como treinamento de mais de mil e duzentos  profissionais da saúde sobre o manejo do paciente, além da reativação do comitê multissetorial de combate à dengue.

Com o número crescente de casos, outras medidas estão sendo tomadas, como os bloqueios nas regiões com maior número de notificações, bem como a implementação de mutirões para realizar a eliminação dos criadouros”, acrescenta Klosowski.

Os drones serão operados por agentes treinados e têm um alcance de aproximadamente dois mil metros, podendo ser lançados de pontos estratégicos, como terrenos baldios ou áreas de mata, que geralmente são os locais mais propícios para a proliferação do mosquito.

Inicialmente, serão realizados testes para avaliar a eficácia da tecnologia, com planos de futuras aquisições para ampliar ainda mais o alcance e a eficiência das operações. “Estamos comprometidos em explorar todas as ferramentas disponíveis para proteger nossa população contra essa ameaça à saúde pública”, finaliza Bronoski.

Prudentópolis
22º
Tempo nublado
Ponta Grossa
21º
Parcialmente nublado
Guarapuava
20º
Tempo nublado
Curitiba
20º
Tempo nublado
Londrina
29º
Parcialmente nublado
União da Vitória
18º
Parcialmente nublado
  • É com pesar que e a Funerária São Josafat comunica o falecimento do Sr Salvador Szawczuk aos 77 anos de idade
  • É com pesar que e a Funerária São Josafat comunica o falecimento do Sr Severo Czekalski aos 46 anos de idade vitima de acidente
  • É com pesar que a Funerária São Josafat e o Plano Sindi Saude, comunicam o falecimento do Sr. Teodozio Kusma, aos 63 anos de idade.
  • É com pesar que a Funerária São Josafat e o Plano Sindi Saude, comunicam o falecimento do Sr. Sebastião Gonçalves da Silva, aos 83 anos de idade.
  • É com pesar que a Funerária São Josafat e o Plano Sindi Saude, comunicam o falecimento do Sr. Pedro Machado Alves, aos 75 anos de idade.
  • É com pesar que e a Funerária São Josafat comunica o falecimento do senhor Miguel Papis aos 63 anos.
  • Unioeste divulga aprovados em seleção de Residência Técnica em Economia Rural
  • Paraná mantém liderança nacional em ranking de inovação e sustentabilidade
  • Comitiva do Paraná começa agenda na Índia com visita a gigante global de tecnologia
  • Período mais seco: IAT faz alerta sobre incêndios nas Unidades de Conservação do Paraná
  • Comércio paranaense cresceu 6,9% nos primeiros meses de 2024, melhor resultado do Sul
  • Paraná vai produzir 1,25 bilhão de litros de etanol na atual safra, aponta boletim