Professor da Unicentro conquista patente de invenção para processo de tratamento de água

26 de março de 2024 às 13:29

Uma solução inovadora e sustentável rendeu ao professor Fauze Jacó Anaissi, do Departamento de Química da Unicentro, o reconhecimento da invenção de um processo de obtenção de argilas para tratamento e clarificação de água com corantes.

O processo foi desenvolvido como projeto de doutorado em Química pelo acadêmico Itamar Antonio Rodrigues, sob a orientação do professor Fauze, no ano de 2018.

A patente foi reconhecida pelo Instituto Nacional da Propriedade Industrial (Inpi), vinculado ao Ministério do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços do Governo Federal.

A invenção

Processo inovador já recebeu destaque da Associação Brasileira dos Fabricantes de Tintas.

A patente refere-se a um processo de obtenção de argilas esmectitas – designação dada nas aplicações industriais e comerciais a uma mistura de minerais de argila – saturadas ou modificadas com íons férricos.

Em palavras simples, essa tecnologia envolve a preparação de uma argila especial, capaz de atrair e prender corantes indesejados presentes em águas residuais industriais.

“Foram pegas argilas comuns e feita a modificação química dela com óxido de ferro. Em seguida, utilizou-se essa argila modificada para fazer tratamento de água com corantes, em especial da indústria têxtil e de alimentos.

Essa argila, após o processo de tratamento da água, fica com a cor do pigmento daquela água que foi tratada e clarificada, e esses pigmentos foram utilizados para a pintura de bloquinhos.

Ou seja, essa cor poluente foi reutilizada, de modo que a poluição não fosse retirada da água e fosse jogada em outro local”, relata o professor.

A tecnologia patenteada tem o potencial de beneficiar tanto o meio ambiente quanto as indústrias, proporcionando uma maneira eficiente de tratar águas residuais contaminadas por corantes.

Segundo o docente da Unicentro, o tratamento pode garantir novamente a potabilidade da água. “A primeira parte do processo é retirar ao máximo as cores da água e, após essa clarificação, é feito um segundo processo de devolvê-la ao rio, podendo ser tratada e potabilizada para consumo”, conta.

Reconhecimento da invenção

No dia 5 de março de 2024, o Instituto Nacional da Propriedade Industrial (Inpi) reconheceu o ineditismo do processo elaborado pelo professor Fauze e seu orientando Itamar, concedendo-lhes a Patente de Invenção, com validade de 20 anos. “É satisfatório como orientador obter esse resultado, pois o desenvolvimento de material para tratamento de água é uma das principais linhas de pesquisa aqui dos nossos laboratórios de química da Unicentro.

Nós produzimos conhecimento e uma das formas de divulgação desse conhecimento é registrando esse direito autoral de invenções, tanto para os autores como para a universidade.

Além dessa patente reconhecida, em 2018 nós já havíamos recebido uma premiação, ficamos com o segundo lugar no prêmio da Associação Brasileira dos Fabricantes de Tintas (Abrafati) pelo desenvolvimento desse processo”, declarou Fauze.

Por José Guilherme de Lima Branco, com supervisão de Giovani Ciquelero

Prudentópolis
20º
Tempo nublado
Ponta Grossa
19º
Parcialmente nublado
Guarapuava
19º
Tempo nublado
Curitiba
18º
Tempo nublado
Londrina
26º
Tempo limpo
União da Vitória
18º
Parcialmente nublado
  • É com pesar que e a Funerária São Josafat comunica o falecimento do Sr Salvador Szawczuk aos 77 anos de idade
  • É com pesar que e a Funerária São Josafat comunica o falecimento do Sr Severo Czekalski aos 46 anos de idade vitima de acidente
  • É com pesar que a Funerária São Josafat e o Plano Sindi Saude, comunicam o falecimento do Sr. Teodozio Kusma, aos 63 anos de idade.
  • É com pesar que a Funerária São Josafat e o Plano Sindi Saude, comunicam o falecimento do Sr. Sebastião Gonçalves da Silva, aos 83 anos de idade.
  • É com pesar que a Funerária São Josafat e o Plano Sindi Saude, comunicam o falecimento do Sr. Pedro Machado Alves, aos 75 anos de idade.
  • É com pesar que e a Funerária São Josafat comunica o falecimento do senhor Miguel Papis aos 63 anos.
  • Unioeste divulga aprovados em seleção de Residência Técnica em Economia Rural
  • Paraná mantém liderança nacional em ranking de inovação e sustentabilidade
  • Comitiva do Paraná começa agenda na Índia com visita a gigante global de tecnologia
  • Período mais seco: IAT faz alerta sobre incêndios nas Unidades de Conservação do Paraná
  • Comércio paranaense cresceu 6,9% nos primeiros meses de 2024, melhor resultado do Sul
  • Paraná vai produzir 1,25 bilhão de litros de etanol na atual safra, aponta boletim