Venda de carros elétricos cresce 123% no primeiro trimestre de 2024 no Paraná

5 de abril de 2024 às 13:43

O número de carros elétricos vendidos no Paraná cresceu 123% no primeiro trimestre de 2024, em relação ao mesmo período do ano passado. De acordo com a Associação Brasileira do Veículo Elétrico (ABVE), de janeiro a março deste ano foram comercializados 2.232 veículos leves eletrificados no Estado, enquanto no mesmo período do ano anterior houve 1.001 emplacamentos.

Os números fazem do Paraná o sexto estado que mais emplaca veículos eletrificados, com 6,18% da participação nacional no trimestre, atrás apenas de São Paulo, Distrito Federal, Rio de Janeiro, Santa Catarina e Minas Gerais.

Os carros eletrificados representam 7% do total de vendas do setor automotivo de veículos leves no Paraná, de acordo com dados da Federação Nacional de Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave). Apenas em março, foram 789 carros elétricos comprados no Paraná, o que significa 30,4% de crescimento em relação a fevereiro e 122% frente ao mesmo mês de 2023, reforçando o movimento de evolução constante na compra destes veículos.

CIDADES – Três cidades paranaenses estão entre os 50 municípios brasileiros que mais venderam carros elétricos. Curitiba, com 1.117 unidades comercializadas, é a quinta cidade do País e a primeira do Sul do Brasil com mais carros eletrificados emplacados no primeiro trimestre do ano, com 1.117 unidades, atrás de São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro e Belo Horizonte.

Figuram na lista, ainda, Londrina, na 36ª posição nacional, com 201 unidades vendidas nos três primeiros meses do ano, e Maringá, na 39ª colocação, com 177.

BRASIL – Em todo o Brasil, o aumento no trimestre, em relação ao mesmo período de 2023, foi de 145%, com 36.090 unidades vendidas. Considerando apenas o mês de março, foram comercializadas 13.613 unidades, um aumento nas vendas em todo o Brasil foi de 127% em relação ao mesmo mês do ano anterior (5.989 unidades). Na comparação com fevereiro de 2024, que registrou 10.453 unidades, o aumento foi de 40,5%.

De acordo com a Associação Brasileira do Veículo Elétrico, 68,5% dos carros comercializados no trimestre foram das tecnologias BEV, sigla em inglês para “Veículo Elétrico a Bateria” ou PHEV, sigla para “Veículo Híbrido Plugável”, os chamados carros plug-in que precisam de recarga externa. O restante do mercado é composto por modelos híbridos que usam motores elétricos no auxílio aos motores à combustão e não precisam de recarregamento externo.

 

Foto: Roberto Dziura Jr/AEN

Prudentópolis
14º
Tempo limpo
Ponta Grossa
13º
Tempo limpo
Guarapuava
Tempo limpo
Curitiba
13º
Parcialmente nublado
Londrina
13º
Tempo nublado
União da Vitória
12º
Tempo limpo
  • É com pesar que comunicamos  o falecimento do Sr. Leandro Schafranski aos 32 anos.
  • É com pesar que comunicamos o falecimento de Silvana Izabel Machado Spisila aos 60 anos
  • É com pesar que a Funerária São Josafat e o Sindi Saúde, comunicam o falecimento do Sr Edmundo Krassowski.
  • É com pesar que a Funerária São João comunica o falecimento do Sr Nestor Gaudeda.
  • É com pesar que a Funerária São João e o Plano UNI PAZ, comunicam o falecimento da Sra. Erondina da Silva.
  • É com pesar que e a Funerária Anjo Gabriel  comunica o falecimento do Sr Paulo Rebinski aos 52 anos de idade.
  • IAT divulga dados da compensação pela exploração de recursos minerais no Paraná
  • Inscrições do programa que vai custear bolsas e curso de TI para mil jovens estão abertas
  • Ação contra desmatamento ilegal no Sudoeste resulta em R$ 2,8 milhões em multas
  • Professores que participaram do Ganhando o Mundo debatem experiência internacional
  • Programa Parceiro da Escola tem mais de 90% de aprovação nas unidades do projeto-piloto
  • Com dias mais frios, Copel orienta consumidores sobre o uso eficiente de energia