Paraná sedia pela 1ª vez Certificação Nacional de Cães de Busca e Resgate

3 de maio de 2024 às 16:10

Pela primeira vez o Paraná vai abrigar uma Certificação Nacional de Cães de Busca e Resgate. O evento será em Cianorte entre os dias 6 e 9 de maio. Está prevista a participação de 17 binômios (nome dado à dupla composta pelo condutor e o animal), sendo 14 do Paraná, dois de Rondônia e um de Pernambuco. Eles vão passar por uma série de provas e, se forem aprovados, receberão uma certificação válida em todo território brasileiro com duração de dois anos para o trabalho em situações de apoio em grandes desastres.

A certificação é regulada pelo Comitê Nacional de Busca, Resgate e Salvamento com Cães (Conabresc), do Conselho Nacional dos Corpos de Bombeiros Militares do Brasil (LIGABOM). O principal objetivo é servir como um selo de qualidade, nivelando os requisitos mínimos esperados, o que ajuda em operações complexas como Brumadinho, Petrópolis e Vale do Taquari.

Dos 14 participantes do Paraná, sete são de Curitiba, quatro de Londrina, dois de Cianorte e um de Telêmaco Borba. Os candidatos à certificação serão avaliados por cinco árbitros – dois do Corpo de Bombeiros Militar do Paraná, dois do Corpo de Bombeiros Militar do Rio Grande do Sul e um da corporação do Mato Grosso do Sul.

“A certificação de cães de busca e resgate é extremamente importante ao Corpo de Bombeiros porque é uma forma de garantir um padrão de qualidade nas respostas e ocorrências que envolvam a necessidade de emprego dos cães”, explicou o tenente Daniel Kaneko, do Grupo de Operações de Socorro Tático (GOST) do Corpo de Bombeiros Militar do Paraná (CBMPR).

O tenente ressalta as vantagens da parceria com os animais. “Eles têm uma capacidade olfativa muito superior à nossa, podem acessar áreas de difícil acesso e cobrem muito mais áreas em menos tempo do que nós, sendo muito eficientes na localização de vítimas”, analisou. “O sucesso nas provas, que simulam ocorrências, seja em escombros ou áreas afetadas por deslizamentos de terra, demonstram que o treinamento atingiu aquilo que se espera na vida real”.

CERTIFICAÇÃO – O processo de certificação tem três etapas, que começa pela avaliação veterinária dos cães. Depois, o teste de agressividade ajuda a demonstrar que o animal não demonstra agressividade contra pessoas e outros cães, além de obediência e destreza em provas de obstáculos. A última etapa é a de varredura dos cenários montados para o evento. Por fim, os binômios são submetidos às provas de busca, que são divididas em modalidades específicas. São simulados buscas em áreas urbanas, de estruturas colapsadas, áreas rurais ou restos mortais.

Durante a ação, a dupla precisa atuar em sintonia. Enquanto o cão tem de responder aos comandos do bombeiro militar, este precisa ser capaz de interpretar os sinais dados pelo parceiro canino.

Além do aval aos binômios, a atividade também é importante para o reconhecimento de novos árbitros pelo Conabresc. Em Cianorte, três bombeiros atuarão como estagiários, ajudando nas avaliações. Dois deles, o sargento Berzotti e o cabo Santos, são do Paraná – o terceiro é do Mato Grosso do Sul. Também vão acompanhando a prova bombeiros militares do Distrito Federal e de São Paulo, que vão prestigiar e auxiliar na certificação.

“É um evento muito esperado, planejado desde o ano passado, então os efeitos positivos antecedem muito o período de execução, pois incentivou ainda mais o treinamento disciplinado, constante e com metas bem definidas”, comentou o tenente do GOST. “Além dos resultados obtidos nas avaliações, um ponto extremamente importante é a aproximação e integração com instituições parceiras e corporações de outros estados. Nos juntamos com objetivos em comum, que é sempre aprimorar a resposta à sociedade quando necessário em momentos de angústia”.

Atualmente, o Corpo de Bombeiros Militar do Paraná conta com 11 cães em atividade, além de 8 em fase final de formação, 5 filhotes e 5 já aposentados.

Foto: CBMPR

Prudentópolis
14º
Tempo limpo
Ponta Grossa
13º
Tempo limpo
Guarapuava
Tempo limpo
Curitiba
13º
Parcialmente nublado
Londrina
13º
Tempo nublado
União da Vitória
12º
Tempo limpo
  • É com pesar que comunicamos  o falecimento do Sr. Leandro Schafranski aos 32 anos.
  • É com pesar que comunicamos o falecimento de Silvana Izabel Machado Spisila aos 60 anos
  • É com pesar que a Funerária São Josafat e o Sindi Saúde, comunicam o falecimento do Sr Edmundo Krassowski.
  • É com pesar que a Funerária São João comunica o falecimento do Sr Nestor Gaudeda.
  • É com pesar que a Funerária São João e o Plano UNI PAZ, comunicam o falecimento da Sra. Erondina da Silva.
  • É com pesar que e a Funerária Anjo Gabriel  comunica o falecimento do Sr Paulo Rebinski aos 52 anos de idade.
  • IAT divulga dados da compensação pela exploração de recursos minerais no Paraná
  • Inscrições do programa que vai custear bolsas e curso de TI para mil jovens estão abertas
  • Ação contra desmatamento ilegal no Sudoeste resulta em R$ 2,8 milhões em multas
  • Professores que participaram do Ganhando o Mundo debatem experiência internacional
  • Programa Parceiro da Escola tem mais de 90% de aprovação nas unidades do projeto-piloto
  • Com dias mais frios, Copel orienta consumidores sobre o uso eficiente de energia