Bombeiros seguem recebendo doações para vítimas do RS e renovam equipe de salvamento

7 de maio de 2024 às 14:30

Corpo de Bombeiros Militar do Paranásegue recebendo doações de alimentos não perecíveis para envio ao Rio Grande do Sul, atingido por fortes chuvas nos últimos dias. Os quartéis da Corporação em todo o Estado estão abertos para que a população possa entregar suas doações até esta quarta-feira (8), prazo que poderá ser ampliado a depender da necessidade do governo gaúcho. Além disso, nesta quarta-feira (08) haverá troca da equipe de atendimento ao estado gaúcho, com o retorno dos 32 bombeiros e envio de outros 37, todos especializados em situações extremas.

A chefe da Assessoria de Comunicação do Corpo de Bombeiros, capitã Luisiana Guimarães Cavalca, destaca que a solidariedade do povo paranaense tem se revertido em um grande número de doações. “Desde o dia 2 de maio estamos recebendo alimentos não perecíveis, produtos de limpeza e de higiene, água potável, cobertores e colchões, além de rações para animais”, disse.

“Também estamos contando com o auxílio de voluntários, que começaram a atuar na segunda-feira (6) com a gente. Eles mesmos estavam solicitando para participarem, ajuda mais que bem-vinda neste momento. É uma população solidária e que quis ajudar neste momento tão difícil no Rio Grande do Sul”, acrescentou.

Foi o caso do engenheiro civil Bruno Mendes, 29 anos, que já é voluntário em outras ações e sentiu que poderia ajudar o povo gaúcho, mesmo de longe. “Como não posso estar lá, pensei que o meu tempo pode ser muito bem utilizado aqui. É ajudar quem a gente não conhece sem esperar nada em troca, até porque isso pode acontecer comigo e tenho certeza que também teríamos esse apoio”, disse.

Para a contadora Simone Gonçalves, 57 anos, que teve parte da sua família atingida pelas enchentes, a solidariedade do povo paranaense e de todo Brasil tem levado esperança para a população do Rio Grande do Sul. Ela levou doações nesta terça ao quartel central. “Sou gaúcha, minha família está ajudando outros parentes nossos que estão precisando. Estamos tentando levar meus pais para Florianópolis e também para nossa casa, aqui em Curitiba”, explicou. “Essa ajuda é muito importante. São nesses momentos que percebemos o quanto a população é solidária”.

“A gente tenta ajudar com o que pode. Nem sempre podemos com muita coisa, mas tentamos fazer o nosso máximo. Por mais que a gente não consiga sentir o que eles estão passando, é nosso dever ajudar”, salientou Tais Helena, 28 anos, colega de Simone, que também levou doações.

Além de pessoas físicas, empresas também têm se mobilizado para arrecadar itens para doação. É o caso da Eleng, que doou pallets de madeira para auxiliar na organização dos donativos arrecadados.

“Vimos que o Corpo de Bombeiros estava precisando de pallets para embalar e encaminhar ao Rio Grande do Sul, e como tínhamos muita sobra desses materiais, achamos a oportunidade de ajudar neste momento”, contou o empresário Leonardo Hausen, 27 anos. “Também compraremos colchões e vamos levar esses itens no nosso caminhão ainda nesta semana para ajudar quem mais precisa”.

COMO DOAR – Alimentos não perecíveis como arroz, café, açúcar, leite em pó, além de água potável, ração animal, materiais de higiene e limpeza, colchões, colchonetes e cobertores podem ser entregues em qualquer unidade do Corpo de Bombeiros Militar do Paraná, das 8 às 20 horas.

No caso de outros itens, como roupas, calçados, itens de cama e banho e utensílios domésticos podem ser entregues na sede do Provopar, na Rua Hermes Fontes, 315, no bairro Batel, em Curitiba, de segunda a sexta-feira, das 10 às 17 horas. As unidades do Instituto Água e Terra (IAT) também estão recebendo doações.

Para se tornar voluntário, a pessoa pode enviar uma mensagem para a Defesa Civil Estadual via WhatsApp para o número (41) 3281-2510, informando nome completo e endereço, que o órgão cuida da sistematização e encaminha a pessoa para a unidade que mais precisa próxima a sua localidade.

AUXÍLIO – Na manhã desta segunda-feira (06), o Paraná enviou mais de 190 toneladas de donativos às vítimas de enchentes no Rio Grande do Sul. Nesta terça, a Sanepar enviou cinco caminhões-pipa para o estado gaúcho. Na área de segurança pública, a Polícia Militar do Paraná enviou 32 policiais, oito viaturas, helicóptero e embarcação para auxiliar as forças de segurança do Rio Grande do Sul.

TROCA DE EQUIPE – A equipe do Corpo de Bombeiros Militar que está trabalhando nas enchentes do Rio Grande do Sul será renovada nesta quarta-feira (8). Ao todo, 37 bombeiros militares, com treinamento em situações de grandes desastres, vão se deslocar para o território gaúcho, permitindo que aqueles que atuam desde a madrugada do dia 2 de maio retornem para suas bases. De Curitiba, a saída está prevista para as 8 horas, da sede do Grupo de Operações de Socorro Tático (GOST). O comando da operação vai ficar com o capitão Maurício Batista Dubas.

Foto: Gabriel Rosa/AEN

Prudentópolis
15º
Tempo nublado
Ponta Grossa
15º
Tempo nublado
Guarapuava
13º
Tempo nublado
Curitiba
16º
Tempo nublado
Londrina
18º
Tempo nublado
União da Vitória
15º
Tempo nublado
  • MORRE LOCUTOR ESPORTIVO SILVIO LUIZ, AOS 89 ANOS
  • É Com Pesar que Comunicamos o Falecimento do Sr. Manoel Vieira Ramos aos 86 anos.
  • É Com Pesar que Comunicamos o Falecimento da Sra. Leoni Ribeiro aos 74 anos.
  • É com pesar que a Funerária São João comunica o falecimento do Jovem Davi Felema.
  • É com pesar que a Funerária São João comunica o falecimento da Sra. Marilene Schwab
  • É com pesar que a Funerária São João comunica o falecimento da Sr Valdomiro Doroch .
  • Parceria da Cresol e Associação da Agricultura Familiar de Guamiranga vai beneficiar agricultores do município
  • Campanha de doações do Estado já reuniu 11,5 mil toneladas ao Rio Grande do Sul
  • Detran-PR suspende aplicação de multa automática por não realização de exame toxicológico
  • Engenheiros da Sanepar chegam ao RS para prestar apoio técnico com abastecimento das cidades
  • Com 6 milhões de trabalhadores, Paraná alcança maior número de pessoas ocupadas da história
  • Mudanças climáticas: Paraná participa de debate sobre emissão de carbono no agro