Estado destina R$ 2 milhões para fomentar pesquisas com potencial de mercado

7 de maio de 2024 às 14:10

Pesquisadores que desenvolvem projetos com potencial para se tornarem produtos e serviços, em instituições públicas e privadas do Paraná, podem se inscrever até 26 de maio na nova edição do Programa de Propriedade Intelectual com Foco no Mercado (Prime). Neste ano, ele vai destinar R$ 2 milhões para a aceleração de 10 projetos de negócios, com valor individual de R$ 200 mil. No dia 20 de maio, às 14 horas, está previsto um evento online para esclarecimento de dúvidas.

São 150 vagas gratuitas para a primeira fase, destinadas a professores e estudantes, de todas as áreas do conhecimento, e profissionais da carreira técnica e administrativa. Podem se inscrever pesquisadores com vínculos com instituições públicas e privadas de ensino superior e de pesquisa científica e tecnológica.

A iniciativa é do Governo do Estado, por meio da Secretaria da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Seti) e, a exemplo de anos anteriores, conta com a parceria da Fundação Araucária de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Paraná e do Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Paraná (Sebrae/PR). O objetivo é transformar o resultado de pesquisas acadêmicas em produtos e serviços, incentivando a cultura empreendedora e a geração de novos negócios, que contribuam para o desenvolvimento socioeconômico sustentável paranaense.

O secretário estadual da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior do Paraná, Aldo Nelson Bona, destaca a importância da transferência de tecnologia para estimular o crescimento econômico. “Nessa capacitação, os pesquisadores são preparados para empreender com possibilidade de licenciar tecnologias e promover transferência tecnológica, contribuindo para que o conhecimento seja transformado em produtos e serviços para o mercado e para as pessoas, com geração de trabalho e renda e desenvolvimento econômico e social”, afirma.

O diretor de Ciência e Tecnologia da Seti, Marcos Aurélio Pelegrina, enfatiza fatores institucionais para incentivar essa transferência de tecnologia no Paraná. “O intuito é melhorar a infraestrutura de apoio e promover uma cultura empreendedora, estabelecendo um ambiente propício para a inovação e a produção de conhecimentos, assegurando o devido retorno para os pesquisadores, por meio da proteção da propriedade intelectual”, explica.

FORMAÇÃO EMPREENDEDORA – O Prime contempla capacitação e qualificação dos pesquisadores com uma série de workshops, consultorias e mentorias sobre mercado, empreendedorismo e inovação. Na segunda fase, serão selecionados 40 pesquisadores entre todos os participantes, cujos projetos disponham de protocolo de propriedade intelectual ou depósito e registro de patente no Instituto Nacional de Propriedade Industrial (Inpi), instituição vinculada ao Ministério do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços (MDIC).

O conteúdo de formação empreendedora será ministrado totalmente no formato remoto, incluindo temas como: desenho de soluções, fontes de financiamento, ideação, modelagem financeira, parcerias, processos comerciais e jurídicos, propriedade intelectual, patente verde, transferência tecnológica, validação de negócios, entre outros. Os participantes terão uma trilha extra focada em internacionalização.

INCENTIVO  A premiação individual de R$ 200 mil representa um incentivo científico para o desenvolvimento das tecnologias propostas. Os recursos são do Fundo Paraná de fomento científico e tecnológico, administrado pela Seti. Além do prêmio em dinheiro, os finalistas também serão contemplados com vaga em programa de pré-aceleração ou pacote de consultorias em temáticas de inovação e mercado do Sebrae/PR, e vaga em programa de mentoria do Inpi.

SETOR PRODUTIVO  Ao final da segunda fase do Prime 2024, o governo estadual irá publicar uma chamada pública para prospectar empresas paranaenses interessadas em adquirir, habilitar ou moldar os projetos concorrentes da etapa final do programa. A ideia é oportunizar conexões estratégicas entre os pesquisadores e setor produtivo empresarial.

Serviço:

Programa de Propriedade Intelectual com Foco no Mercado (Prime) – Edição 2024

Inscrições: até 26 de maio – Edital AQUI

Evento Online para esclarecimentos de dúvidas: 20 de maio, às 14 horas AQUI

Resultado da 1ª fase: 27 de maio

Resultado da 2ª fase: 19 de agosto

Resultado da 3ª fase: 30 de setembro

Entrega da premiação: 7 de outubro

 

Foto: SETI

Prudentópolis
16º
Tempo nublado
Ponta Grossa
15º
Tempo nublado
Guarapuava
13º
Tempo nublado
Curitiba
16º
Tempo nublado
Londrina
19º
Chuvas esparsas
União da Vitória
15º
Tempo nublado
  • MORRE LOCUTOR ESPORTIVO SILVIO LUIZ, AOS 89 ANOS
  • É Com Pesar que Comunicamos o Falecimento do Sr. Manoel Vieira Ramos aos 86 anos.
  • É Com Pesar que Comunicamos o Falecimento da Sra. Leoni Ribeiro aos 74 anos.
  • É com pesar que a Funerária São João comunica o falecimento do Jovem Davi Felema.
  • É com pesar que a Funerária São João comunica o falecimento da Sra. Marilene Schwab
  • É com pesar que a Funerária São João comunica o falecimento da Sr Valdomiro Doroch .
  • Parceria da Cresol e Associação da Agricultura Familiar de Guamiranga vai beneficiar agricultores do município
  • Campanha de doações do Estado já reuniu 11,5 mil toneladas ao Rio Grande do Sul
  • Detran-PR suspende aplicação de multa automática por não realização de exame toxicológico
  • Engenheiros da Sanepar chegam ao RS para prestar apoio técnico com abastecimento das cidades
  • Com 6 milhões de trabalhadores, Paraná alcança maior número de pessoas ocupadas da história
  • Mudanças climáticas: Paraná participa de debate sobre emissão de carbono no agro