Deputado Moacyr Fadel propõe medidas imediatas de apoio aos produtores de leite

8 de maio de 2024 às 08:22

 

O deputado estadual Moacyr Fadel (PSD) propôs a ampliação da oferta de produtos lácteos na merenda escolar e em programas sociais do Governo do Paraná e o subsídio a pequenos produtores de leite.

A medida seria uma forma de apoiar os produtores paranaenses diante de uma das piores crises enfrentadas pelo setor. Os desafios e soluções para o setor leiteiro foram tema de audiência pública na segunda-feira (06), na Assembleia Legislativa do Paraná.

“Nós aqui no Paraná podemos fazer ações imediatas, ações cirúrgicas, com pouco discurso e mais ação. Nós podemos dobrar o iogurte na merenda escolar. Nós podemos, ao invés de duas vezes, pegar quatro vezes o Leite das Crianças nas escolas. Isso vai aumentar o consumo e vai melhorar a saída do nosso produto, mesmo que seja momentaneamente”, afirmou o parlamentar.

Outra medida sugerida por Fadel é a implantação de um subsídio para quem produz até 500 litros de leite. “Vamos agir rapidamente, acudir os pequenos produtores, acudir aqueles que produzem até 500 litros. Pagar a mais para eles pela qualidade, subsidiando esses produtos imediatamente”.

De acordo com dados do Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná (IDR-PR), o estado tem aproximadamente 87 mil produtores de leite, sendo 85% deles pequenos produtores com uma produção de até 250 litros/dia.

O Paraná é o segundo maior produtor de leite do país, com uma produção de 4,4 bilhões de litros. “Essa é uma atividade essencial para o nosso desenvolvimento”, afirmou o deputado Alexandre Curi, 1º secretário da Assembleia Legislativa e organizador do debate.

Crise

A cadeia produtiva do leite acumula uma série de prejuízos que tem se agravado com a falta de medidas efetivas de controle da situação. As importações desenfreadas de leite em pó importado, especialmente da Argentina e do Uruguai, pressionaram os preços do produto nacional. Há meses, o valor do litro pago ao produtor não é suficiente para cobrir os custos de produção e muitos têm operado “no vermelho”.

Segundo o Agrostat, plataforma do Ministério da Agricultura e Pecuária de monitoramento do comércio de produtos agropecuários, o Brasil importou 199,2 mil toneladas de leite em pó em 2023, o que representa um aumento de 87,2 % em relação a 2022.

No Paraná, entraram 6,5 mil toneladas de leite em pó importados em 2023. Um aumento de 183% nas importações do estado na comparação com 2022. Situação agravada pelas importações ilegais.

Medidas emergenciais

A recomposição das alíquotas de importação, alterações em benefícios fiscais e a publicação de editais para compra pública do produto nacional organizadas pelo Governo Federal não foram suficientes para estancar a crise.

No mês passado, os deputados estaduais aprovaram a taxação do leite em pó e do queijo muçarela importados em 7%.

O secretário de Estado da Agricultura e Abastecimento, Norberto Ortigara, defendeu a suspensão imediata das importações. “Pode chamar de protecionismo”, afirmou.

O leite é o quarto produto que mais gera valor no campo no Paraná. Em 2022, a produção rendeu R$ 11,4 bilhões. “Se nós somos um estado agrícola, nós temos que dar valor para aqueles que fazem com que o nosso estado seja agrícola, seja responsável por 1/3 do PIB brasileiro, seja o maior gerador de empregos do Brasil que é o agronegócio e o pequeno produtor”, ressaltou Fadel

Prudentópolis
15º
Tempo limpo
Ponta Grossa
14º
Tempo limpo
Guarapuava
10º
Tempo limpo
Curitiba
13º
Parcialmente nublado
Londrina
15º
Parcialmente nublado
União da Vitória
13º
Tempo limpo
  • É com pesar que comunicamos  o falecimento do Sr. Leandro Schafranski aos 32 anos.
  • É com pesar que comunicamos o falecimento de Silvana Izabel Machado Spisila aos 60 anos
  • É com pesar que a Funerária São Josafat e o Sindi Saúde, comunicam o falecimento do Sr Edmundo Krassowski.
  • É com pesar que a Funerária São João comunica o falecimento do Sr Nestor Gaudeda.
  • É com pesar que a Funerária São João e o Plano UNI PAZ, comunicam o falecimento da Sra. Erondina da Silva.
  • É com pesar que e a Funerária Anjo Gabriel  comunica o falecimento do Sr Paulo Rebinski aos 52 anos de idade.
  • Unidade prisional de Pitanga doa 590 kits com toucas e cachecóis para instituições sociais
  • Copel mantém nota máxima em avaliação de crédito da Fitch
  • Para prevenir pragas, Adapar normatiza acesso de máquinas agrícolas ao Paraná
  • Frente fria no Estado: menor temperatura do Paraná é registrada em Palmas
  • IAT divulga dados da compensação pela exploração de recursos minerais no Paraná
  • Inscrições do programa que vai custear bolsas e curso de TI para mil jovens estão abertas