Campanha de doações do Estado já reuniu 11,5 mil toneladas ao Rio Grande do Sul

17 de maio de 2024 às 16:19

A campanha SOS RS, do Governo do Paraná, reuniu 11,5 mil toneladas de ajuda humanitária para as vítimas das chuvas no Rio Grande do Sul e já enviou ao estado gaúcho 8,4 mil toneladas em mais de 450 caminhões. O volume total de donativos contabiliza alimentos, água potável, roupas e produtos de higiene e limpeza doados em todas as cidades paranaenses até esta sexta-feira (17).

A campanha é coordenada pelo gabinete da primeira-dama Luciana Saito Massa e pela Defesa Civil Estadual. De acordo com a coordenação do SOS RS, a prioridade no momento são alimentos não perecíveis e material de higiene pessoal. Os mantimentos estão atendendo, principalmente, famílias que ainda estão desalojadas ou em abrigos. Em todo o Rio Grande do Sul, mais de 650 mil pessoas que estão fora de suas casas.

As entregas ocorrem de forma constante e saem a partir de centros de distribuição em Curitiba e de cidades do Interior. Elas estão recebendo escoltas especiais da Polícia Rodoviária Federal, Polícia Militar e guardas municipais.

A campanha segue até o dia 22 de maio. As entregas podem ser feitas em unidades do Corpo de Bombeiros e da Polícia Civil, sedes do Instituto Água e Terra e espaços da Secretaria da Cultura.

AÇÕES – O Paraná tem prestado apoio às cidades gaúchas também com o envio de forças de segurança e equipamentos. Já foram enviados bombeiros para trabalhar nos resgates, policiais militares para ajudar a coibir roubos e saques nos locais mais afetados, policiais civis para apoiar as autoridades locais e profissionais da Polícia Científica.

O Governo do Estado enviou também viaturas, caminhões-tanque, embarcações e helicópteros para o Rio Grande do Sul, que estão sendo usados em diversas frentes de trabalho, além de bolsas de sangue, medicamentos, profissionais de outras áreas e técnicos da Defesa Civil.

SITUAÇÃO – De acordo com o governo do Rio Grande do Sul, 461 municípios do estado foram afetados pelas chuvas e alagamentos. 154 pessoas morreram, 806 se feriram e 98 estão desaparecidas. Segundo o boletim mais atualizado, 78 mil estão em abrigos e 540 mil tiveram que deixar as suas casas. Ao todo, 82 mil pessoas e 12,1 mil animais foram resgatados em áreas alagadas.

 

Foto: Roberto Dziura Jr/AEN

Prudentópolis
19º
Tempo limpo
Ponta Grossa
20º
Tempo limpo
Guarapuava
18º
Tempo limpo
Curitiba
22º
Tempo limpo
Londrina
28º
Tempo limpo
União da Vitória
20º
Tempo limpo
  • É com pesar que a Funerária São João e o plano UNIPAZ comunicam o falecimento do Sr. João Grescyczyn. Ocorrido hoje, aos 89 anos de idade.
  • É com pesar que a Funerária São João e o plano UNIPAZ comunicam o falecimento da Sra. Leci Fernandes Marins. Ocorrido hoje, aos 62 anos de idade.
  • É com pesar que a Funerária São João e o plano UNIPAZ comunicam o falecimento da Sr. Januário Mazur. Ocorrido ontem, aos 48 anos de idade.
  • É com pesar que a Funerária São João e Plano o UNIPAZ, comunicam o falecimento do Jovem Idinei Ribeiro, aos 31 anos de idade.
  • É com pesar que e a Funerária São Josafat comunica o falecimento do Sr Metodio Kuchla aos 68 anos.
  • É com pesar que a Funerária São João comunica o falecimento da Sra. Eugenia Senkiu aos 59 anos.
  • Campo da Secretaria do Esporte abrigará festival de rugby para crianças de escolas municipais
  • Governo envia à Assembleia projeto de lei para rede de atendimento de psicoativos
  • Boletim Agrometeorológico de maio indica excesso de chuvas no Sul e escassez no Norte
  • Servidores da Saúde aprimoram conhecimentos para coleta e análise de dados epidemiológicos
  • Detran-PR destina R$ 103,8 milhões para fortalecer ações de segurança no trânsito no Paraná
  • Governo libera R$ 45,1 milhões para 10 cidades no programa Asfalto Novo, Vida Nova