Estado reforça canais para denúncias de violência contra crianças e adolescentes

17 de maio de 2024 às 16:14

O Governo do Paraná tem canais disponíveis para denúncias de abuso e exploração sexual contra crianças e adolescentes. O Estado conta com o disque 181, em que é possível fazer a denúncia de forma anônima. Esse registro é feito direto na Secretaria de Segurança Pública, que faz os encaminhamentos necessários para a averiguação das situações.

Outra opção é acessar o site www.181.pr.gov.br, escolher a área de denúncia e seguir os demais passos. No site o cidadão pode também de acompanhar o andamento das situações já registradas.
Também é possível denunciar uma situação de emergência através do 190, telefone da Polícia Militar, em casos de flagrante.

Outro caminho é o Disque 100, do governo federal, que pode ser acionado por meio de ligação gratuita, WhatsApp – (61) 99611-0100, site da Ouvidoria Nacional de Direitos Humanos (ONDH), videochamada em Língua Brasileira de Sinais (Libras), aplicativo Direitos Humanos Brasil, e Telegram.

“Todos esses caminhos devem ser reforçados neste Dia Nacional de Enfrentamento ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, em 18 de maio. Além desses canais de denúncias, temos ainda outro importantíssimo caminho que são os Conselhos Tutelares de todo o Paraná. A rede de proteção é essencial para que, juntos, possamos garantir dignidade a todas as crianças, afinal, é obrigação da sociedade cuidar do futuro”, destacou o secretário do Desenvolvimento Social e Família, Rogério Carboni.

“É muito importante denunciar, é fundamental. E isso pode ser feito por qualquer pessoa que saiba ou até mesmo que desconfie de qualquer situação. É através dessas denúncias que conseguimos proteger essas crianças, promover o afastamento do agressor e realizar atendimentos que permitirão ressignificar as suas vidas sem violência”, comentou a coordenadora de Políticas Públicas para Crianças e Adolescentes e presidente do Conselho Estadual dos Direitos da Criança e Adolescente, Juliana Sabbag.

“Quando a criança passa a ter atitudes extremas, é preciso investigar. Por exemplo, ela deixa de se alimentar como antes, ou come muito mais, quando começa a dormir muito ou pouco, tudo que for extremo, é preciso ficar atento”, complementou.

O Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes foi instituído pela Lei Federal 9.970/2000, em memória ao caso da menina Araceli Crespo, de apenas 8 anos, que foi sequestrada, violentada e assassinada em 18 de maio de 1973, em Vitória (ES). Em 2024, completam-se 51 anos desse episódio.

 

 

Foto: SESP

Prudentópolis
16º
Tempo limpo
Ponta Grossa
17º
Tempo limpo
Guarapuava
14º
Tempo limpo
Curitiba
20º
Tempo limpo
Londrina
25º
Tempo limpo
União da Vitória
16º
Tempo limpo
  • É com pesar que a Funerária São João e o plano UNIPAZ comunicam o falecimento do Sr. João Grescyczyn. Ocorrido hoje, aos 89 anos de idade.
  • É com pesar que a Funerária São João e o plano UNIPAZ comunicam o falecimento da Sra. Leci Fernandes Marins. Ocorrido hoje, aos 62 anos de idade.
  • É com pesar que a Funerária São João e o plano UNIPAZ comunicam o falecimento da Sr. Januário Mazur. Ocorrido ontem, aos 48 anos de idade.
  • É com pesar que a Funerária São João e Plano o UNIPAZ, comunicam o falecimento do Jovem Idinei Ribeiro, aos 31 anos de idade.
  • É com pesar que e a Funerária São Josafat comunica o falecimento do Sr Metodio Kuchla aos 68 anos.
  • É com pesar que a Funerária São João comunica o falecimento da Sra. Eugenia Senkiu aos 59 anos.
  • Campo da Secretaria do Esporte abrigará festival de rugby para crianças de escolas municipais
  • Governo envia à Assembleia projeto de lei para rede de atendimento de psicoativos
  • Boletim Agrometeorológico de maio indica excesso de chuvas no Sul e escassez no Norte
  • Servidores da Saúde aprimoram conhecimentos para coleta e análise de dados epidemiológicos
  • Detran-PR destina R$ 103,8 milhões para fortalecer ações de segurança no trânsito no Paraná
  • Governo libera R$ 45,1 milhões para 10 cidades no programa Asfalto Novo, Vida Nova