Instalação de medidores inteligentes da Copel chega a Imbituva e São João do Triunfo

6 de junho de 2024 às 13:15

O programa Rede Elétrica Inteligente começará a ser implantado nos municípios de Imbituva, no Centro-Sul, e São João do Triunfo, nos Campos Gerais, nos próximos dias, com início das atividades previsto para a próxima segunda-feira (10). A ação consiste na troca dos medidores de energia convencionais por medidores inteligentes, que emitem sinais em tempo real para o centro de operações da Copel, ampliando a eficiência de detecção de falhas nos casos de desligamento. A mudança tecnológica não tem custos para o consumidor.

No último mês, o serviço foi implantado em 81% das unidades consumidoras de Porto Amazonas e também em quase toda a área rural de Rio Negro, que é o setor de concessão da Copel no município. Em Imbituva, os medidores inteligentes serão instalados em todas as 11,2 mil unidades consumidoras atendidas pela Copel, e em São João do Triunfo em todas as 5,5 mil unidades.

Trata-se de um dos maiores programas de modernização da rede de distribuição da América Latina, que está preparando as localidades para a consolidação das cidades inteligentes.

NÚMEROS – A Rede Elétrica Inteligente já ultrapassou a marca de 770 mil medidores inteligentes instalados em 94 municípios das regiões Sudoeste, Oeste e Centro-Sul do Paraná, e Região Metropolitana de Curitiba. A previsão é de atingir 1 milhão de instalações ainda em 2024.

“Esses medidores se comunicam com as nossas centrais através de equipamentos que estamos instalando também nas redes que passam na rua, nas redes da Copel. Esse trabalho é gradativo. Pedimos a colaboração de todos, dando acesso para a substituição do medidor”, diz o gerente da Divisão de Projetos Especiais Técnicos da Copel Distribuição, Tiago Augusto Silva Santana.

A primeira fase do programa na região Sudoeste do Paraná está próxima da conclusão, com 435 mil medidores já conectados à central de operações da Copel. A fase 2 abrange municípios das regiões Leste e Centro-Sul do Paraná, incluindo Região Metropolitana de Curitiba e Ilha do Mel, no Litoral. Desta, as equipes já concluíram 61,5% das instalações, em uma média de 6 mil medidores instalados por semana. Recentemente, Araucária, Contenda e Fazenda Rio Grande foram finalizados.

Em junho, será a vez de começar em Fernandes Pinheiro e Rebouças. Em agosto, estão previstas instalações na Ilha do Mel e, em setembro, será a vez de Guamiranga.

No Oeste, a Rede Elétrica Inteligente deve chegar ainda em junho com instalações em Cascavel e Santa Tereza do Oeste. Será a maior fase do programa até agora, incluindo 50 municípios e 661 mil medidores a serem implantados.

BENEFÍCIOS – Com os medidores inteligentes, a Copel pode agir com maior eficácia em caso de falhas de energia. Eles permitem a detecção automática da extensão da interrupção e a localização precisa da origem do problema, acelerando o restabelecimento do fornecimento de energia para os lares afetados.

Além disso, a atualização dos medidores vem acompanhada de investimentos em automação na rede de distribuição, o que possibilita aos consumidores monitorar seu consumo em tempo real por meio do aplicativo da Copel para smartphones. Nesse app é possível não só acompanhar o consumo, mas também solicitar serviços, verificar débitos e até mesmo obter informações para quitar contas em atraso.

O processo de troca do medidor é rápido, levando em média 30 minutos e sem custos para o cliente. A substituição é realizada exclusivamente na entrada de serviço, onde o medidor está instalado. É importante ressaltar que na fase 2 do projeto a instalação é feita pela empresa Eleng, e na fase 3 pela Eletromil. Todos os profissionais envolvidos estão devidamente identificados e apresentam uma carta de apresentação emitida pela Copel.

FATURA DIGITAL – A adoção dos medidores inteligentes também traz outros benefícios práticos. Por exemplo, eliminando a necessidade de visitas mensais para leitura do consumo, a Copel incentiva os consumidores a optarem pelo recebimento das faturas por e-mail, o que reduz o uso de papel e previne extravios. Além disso, as faturas digitais têm a mesma validade legal que as impressas, servindo como comprovante de endereço.

 

 

Foto: COPEL

Prudentópolis
11º
Parcialmente nublado
Ponta Grossa
12º
Tempo nublado
Guarapuava
13º
Parcialmente nublado
Curitiba
12º
Tempo limpo
Londrina
16º
Tempo limpo
União da Vitória
11º
Parcialmente nublado
  • É com pesar que a Funerária São João e o Plano UNI PAZ, comunicam o falecimento da Sr. Ilor Vicente Pontarolo.
  • É com pesar que e a Funerária São Josafat comunica o falecimento da Sra Adelaide Woicik  Stasiu aos 80 anos de idade.
  • É com pesar que e a Funerária São Josafat comunica o falecimento do Sr Otávio Swaretz aos 58 anos de idade.
  • É com pesar que a Funerária São João comunica o falecimento da Sra. Ana Dobrowolski Kaminski.
  • É com pesar que a Funerária Anjo Gabriel e o PAF comunicam o Falecimento do SR. João Novakoski aos 81 anos.
  • É com pesar que a Funerária São João e o plano UNIPAZ comunicam o falecimento do Sr. João Grescyczyn. Ocorrido hoje, aos 89 anos de idade.
  • Evento ”Programa Mulher Segura” será realizado em Prudentópolis nesta quinta-feira (20).
  • Pesquisa vai identificar preferências do paranaense no turismo da Mata Atlântica
  • IAT apresenta ao setor produtivo adequações na regulamentação da suinocultura
  • UEM investe em software para detectar e inibir plágio acadêmico nos trabalhos
  • Porto de Paranaguá é a principal estrutura de escoamento das exportações paranaenses
  • Agepar abrirá nova consulta pública sobre revisão tarifária do saneamento básico