30 anos: serviço de inspeção estadual de produtos de origem animal é garantia de qualidade

7 de junho de 2024 às 16:08

O Serviço de Inspeção do Paraná/Produtos de Origem Animal (SIP/POA) comemora três décadas como um marco na história do agronegócio paranaense. Criado em 1994, por meio da Lei Estadual Nº 10.799, a gerência da Agência de Defesa Agropecuária do Paraná (Adapar) desempenha um papel fundamental na garantia da qualidade e segurança dos produtos de origem animal, contribuindo para a consolidação do setor agroindustrial no Estado.

Atualmente, graças a este serviço, 294 agroindústrias no Paraná oferecem 4.335 produtos de origem animal nas prateleiras e geladeiras de todo o Estado. Desde sua criação, o SIP/POA se dedica à inspeção rigorosa de produtos como carnes, leite, ovos, mel e pescados, colaborando para que atendam aos mais altos padrões de qualidade e segurança alimentar.

“Este trabalho meticuloso permite que os produtos paranaenses se destaquem tanto no mercado interno quanto no Exterior, conquistando a confiança dos consumidores e abrindo portas para novas oportunidades de negócios”, afirma o diretor-presidente da Adapar, Otamir Cesar Martins.

“O SIP/POA, formado por uma equipe de profissionais qualificados e experientes, é um dos pilares da nossa agroindústria. Ele contribui não apenas para a ótima qualidade dos produtos, mas também a confiança e a competitividade no mercado paranaense. Estamos comprometidos em continuar investindo em melhorias para que o Paraná mantenha sua posição de destaque no cenário agropecuário”, destaca Martins.

Ele lembra que a atuação do SIP/POA não se limita apenas à fiscalização, mas também à orientação e apoio técnico aos produtores e agroindústrias. Este acompanhamento constante contribui para a implementação de boas práticas de produção e para a inovação tecnológica no setor, promovendo a competitividade das agroindústrias locais.

“Um dos principais resultados alcançados ao longo desses 30 anos foi a consolidação da agroindústria paranaense como uma das mais avançadas e diversificadas do país. O Paraná tem expressividade na produção de diversos produtos de origem animal, como carne de frango, suínos e leite, além de ser um dos maiores exportadores de proteína animal do Brasil. E o SIP/POA tem um papel fundamental na criação de um ambiente propício para o crescimento sustentável dessas indústrias”, enfatiza o presidente da Adapar.

Otamir Cesar Martins ressalta que, em 2023, os profissionais da Adapar realizaram mais de 15.650 atividades da área de inspeção, entre ações de orientações a empresas e profissionais, avaliação de projetos arquitetônicos e vistoria de conclusão de obras, registro de estabelecimentos e produtos, coletas de amostras para análise laboratorial de produtos, fiscalização e inspeção dos estabelecimentos com verificação dos autocontroles, atendimento a denúncias, entre outras.

IMPACTO – A atuação do SIP/POA também gera impactos positivos na economia local e na geração de empregos. O fortalecimento da agroindústria resulta na criação de milhares de postos de trabalho diretos e indiretos, impulsionando o desenvolvimento econômico em diversas regiões do Estado. Além disso, a orientação técnica oferecida pelo serviço oficial tem sido importante para a adoção de práticas sustentáveis nas propriedades rurais, contribuindo para a preservação ambiental e para a sustentabilidade a longo prazo do setor.

PERSPECTIVAS E DESAFIOS – “Apesar dos avanços significativos, o SIP/POA enfrenta desafios contínuos para manter e aprimorar os padrões de qualidade em um cenário de constante evolução tecnológica e de novas exigências do mercado consumidor. A expectativa é que nos próximos anos o serviço intensifique a adoção de tecnologias avançadas, como a automação e a inteligência artificial, para otimizar os processos de inspeção e dar ainda mais eficiência e precisão na fiscalização dos produtos”, diz a chefe do Departamento do Departamento de Inspeção de Produto de Origem Animal e Vegetal (Dpav) da Adapar, Mariza Koloda Henning.

“O legado do Serviço de Inspeção Estadual de Produtos de Origem Animal do Paraná é, sem dúvida, um exemplo de dedicação e eficiência que serve de inspiração para outras regiões do país. Com uma trajetória marcada por conquistas e avanços, o SIP/POA reafirma seu compromisso em continuar garantindo a qualidade e a segurança dos produtos paranaenses, impulsionando o desenvolvimento econômico e promovendo a sustentabilidade no campo”, finaliza Mariza.

 

Foto: Geraldo Bubniak/AEN

Prudentópolis
15º
Parcialmente nublado
Ponta Grossa
16º
Parcialmente nublado
Guarapuava
14º
Parcialmente nublado
Curitiba
18º
Tempo limpo
Londrina
24º
Parcialmente nublado
União da Vitória
14º
Tempo limpo
  • É com pesar que a Funerária Anjo Gabriel e o PAF comunicam o Falecimento do SR. João Novakoski aos 81 anos.
  • É com pesar que a Funerária São João e o plano UNIPAZ comunicam o falecimento do Sr. João Grescyczyn. Ocorrido hoje, aos 89 anos de idade.
  • É com pesar que a Funerária São João e o plano UNIPAZ comunicam o falecimento da Sra. Leci Fernandes Marins. Ocorrido hoje, aos 62 anos de idade.
  • É com pesar que a Funerária São João e o plano UNIPAZ comunicam o falecimento da Sr. Januário Mazur. Ocorrido ontem, aos 48 anos de idade.
  • É com pesar que a Funerária São João e Plano o UNIPAZ, comunicam o falecimento do Jovem Idinei Ribeiro, aos 31 anos de idade.
  • É com pesar que e a Funerária São Josafat comunica o falecimento do Sr Metodio Kuchla aos 68 anos.
  • Municípios das regiões Norte e Norte Pioneiro recebem notebooks do Talento Tech
  • A Pró-Reitoria de Apoio aos Estudantes da Unicentro reabriu as inscrições para as vagas de moradia estudantil em Irati.
  • Junho Laranja: Saúde alerta para riscos de queimaduras nas festas juninas
  • Conselho dos povos e comunidades tradicionais é eleito em conferência
  • Bolsa e mentoria: Copel divulga resultado do programa Aluno Energia
  • IAT cria macrorregionais para intensificar o monitoramento de poluição atmosférica