Governador lança projeto para estimular formação tecnológica de 3 mil alunos em 50 cidades

11 de junho de 2024 às 13:52

Três mil estudantes dos ensinos médio e superior de 50 cidades paranaenses terão a oportunidade de realizar cursos profissionalizantes na área de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) por meio do projeto Talento Tech-PR, lançado nesta terça-feira (11) pelo governador Carlos Massa Ratinho Junior. A iniciativa receberá um investimento inicial de R$ 62 milhões e é fruto de uma articulação conjunta de diversas secretarias e órgãos estaduais, em parceria com grandes empresas de tecnologia sediadas ou com operações no Paraná.

Serão 150 cursos com 20 vagas cada e carga horária de 800 horas de aulas presenciais e a distância ao longo de 10 meses, com bolsas mensais de R$ 1.345 por estudante. O conteúdo envolve habilidades típicas de TIC, além de softskills – termo em inglês para definir habilidades comportamentais e competências subjetivas – e o desenvolvimento de uma aplicação prática ao final dos cursos ligada a problemas reais das empresas parceiras.

Segundo Ratinho Junior, trata-se do maior programa para formação de novos talentos na área de tecnologia e inovação no Brasil, e que tem como um dos reflexos o desenvolvimento regional, com aumento da qualidade das oportunidades de emprego nas cidades. “São jovens que integram a rede pública no ensino médio e ensino superior que passarão por um curso intensivo, recebendo uma remuneração durante o treinamento, muitos dos quais já terão vagas garantidas nas empresas parceiras com uma boa remuneração”, afirmou o governador.

O objetivo é atender alunos da rede pública dos cinquenta municípios com os menores Índices de Desenvolvimento Humano (IDH) do Paraná nos próximos três anos – os primeiros 1.000 já foram selecionados via edital e os demais ingressarão em 2025 e 2026. As grandes empresas de tecnologia que firmaram parceria com o Governo do Estado se comprometam com a contratação de pelo menos 50% dos alunos formados no mesmo município de origem dos estudantes.

“O Brasil tem atualmente mais de meio milhão de vagas abertas na área de tecnologia, então para o Estado é uma oportunidade de criar um berçário de mão de obra altamente qualificada neste setor. Isso faz com que estes jovens sejam rapidamente inseridos no mercado do trabalho, as empresas possam suprir a sua demanda por novos trabalhadores, que poderão ter um emprego digno na sua própria cidade”, acrescentou Ratinho Junior.

A Secretaria do Planejamento idealizou o projeto. De acordo com o secretário Guto Silva, ele está em consonância com a estratégia do Governo do Estado em fazer do Paraná cada vez mais uma referência nacional e internacional no setor de tecnologia e inovação. “O Paraná tem muita tradição nos ecossistemas de inovação, com a presença de muitas startups e mais de 40 mil vagas com salários de alto impacto, mas que precisa de cada vez mais gente para trabalhar”, comentou.

“Ao mesmo tempo, nós temos muitos jovens que deixam suas cidades e o Estado por falta de oportunidades. O projeto busca reter esses talentos com a oferta de uma trilha de conhecimento vinculada ao Google, à Cisco, à Microsoft, que são as maiores referências no setor e estão nos apoiando. Com o aumento da própria renda e a permanência nas cidades, eles também podem ajudar a transformar a realidade local, melhorando os indicadores econômicos”, concluiu o secretário do Planejamento.

Outra parceira na elaboração do projeto foi a Secretaria da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior. O secretário Aldo Bona explica que a Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG) responderá pela oferta pedagógica do curso, mas também ressaltou a participação direta das big techs parceiras nas etapas de formação.

“As empresas que contratarão esses jovens talentos ajudaram na construção do currículo para que os estudantes saiam formados efetivamente para atender as necessidades do mercado de trabalho”, pontuou Bona, que também creditou a viabilização do programa ao orçamento recorde de R$ 708,9 milhões destinado pelo Estado à Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior em 2024.

ESTRATÉGIA INTEGRADA – Presente no evento, o secretário estadual da Educação, Roni Miranda, lembrou que o Talento Tech-PR integra uma estratégia maior do Governo do Estado de valorização das novas profissões e dinâmicas de trabalho.

“Temos mais de 500 mil jovens estudantes de programação e mais de 100 mil estudando robótica. Com esse novo programa, nós estamos agora formando uma espécie de tropa de elite profissional com intensa formação e conhecimentos muito específicos como segurança cibernética, trabalho em nuvem, de forma totalmente alinhada às necessidades das maiores empresas do setor”, disse.

Para o secretário da Inovação, Modernização e Transformação Digital, Alex Canziani, o Talento Tech-PR representa mais um avanço para tornar a economia paranaense mais dinâmica. “Este é um grande passo que o Governo do Estado dá e que não consiste apenas em uma formação, mas no desenvolvimento das cidades mais carentes do Paraná por meio do fomento ao mercado da inovação”, declarou.

Canziani também informou que a plataforma de ensino está pronta e que as aulas devem iniciar em julho. “São aulas interativas, para que a gente possa fazer um ambiente altamente agradável, para que esses alunos fiquem, atuem e depois possam chegar protos ao mercado de trabalho”.

CIDADES – As cidades envolvidas no programa são Adrianópolis, Agudos do Sul, Almirante Tamandaré, Antonina, Bocaiúva do Sul, Brasilândia do Sul, Cândido de Abreu, Cerro Azul, Clevelândia, Congonhinhas, Cruzeiro do Sul, Curiúva, Doutor Ulysses, Francisco Alves, Guaraci, Guaraqueçaba, Imbaú, Inácio Martins, Ipiranga, Itaperuçu, Itaúna do Sul, Japira, Jardim Alegre, Laranjal, Lupionópolis, Mandirituba, Manfrinópolis, Mariluz, Matinhos, Morretes, Nova Laranjeiras, Piraquara, Pontal do Paraná, Porecatu, Primeiro de Maio, Ramilândia, Reserva, Rio Branco do Ivaí, Santa Amélia, Santa Cecília do Pavão, Santa Maria do Oeste, Santa Mônica, Santo Antônio do Paraíso, São Jerônimo da Serra, São Sebastião da Amoreira, Tamarana, Tijucas do Sul, Tunas do Paraná, Ventania e Xambrê.

PRESENÇAS – Também participaram do lançamento do projeto o vice-governador Darci Piana; o chefe da Casa Civil, João Carlos Ortega; o chefe da Casa Militar, Marcos Tordoro; os secretários da Justiça e Cidadania, Santin Roveda, e da Infraestrutura e Logística, Sandro Alex; os presidentes da Fundação Araucária, Ramiro Wahrhaftig; DetranPR, Adriano Furtado; Ipardes, Jorge Callado; Tecpar, Celso Kloss; os deputados estaduais Artagão Junior, Batatinha e Cobra Repórter; o reitor da UEPG, Miguel Sanches Neto; além de prefeitos, representantes das empresas de tecnologia parceiras e estudantes que integrarão o Talento Tech-PR.

 

Foto: Gabriel Rosa/AEN

Prudentópolis
25º
Tempo limpo
Ponta Grossa
24º
Parcialmente nublado
Guarapuava
23º
Parcialmente nublado
Curitiba
24º
Tempo limpo
Londrina
27º
Tempo limpo
União da Vitória
24º
Tempo nublado
  • É com pesar que e a Funerária Anjo Gabriel comunica o falecimento do Sr Daniel Germano Pesck aos 82 anos de idade.
  • É com pesar que a Funerária São João e o Plano UNI PAZ, comunicam o falecimento da Sra. Maria Fiuza Ribeiro
  • É com pesar que a Funerária São João comunica o falecimento do Sr. Lademiro Petriw, popularmente conhecido como “Ladio”.
  • É com pesar que e a Funerária Anjo Gabriel comunica o falecimento do Sr Antenor Marconato aos 71 anos de idade.
  • É com pesar que a Funerária São João e o Plano UNI PAZ, comunicam o falecimento da Sr. Ilor Vicente Pontarolo.
  • É com pesar que e a Funerária São Josafat comunica o falecimento da Sra Adelaide Woicik  Stasiu aos 80 anos de idade.
  • Connect Week discute uso da inovação para uma agricultura mais sustentável
  • Paraná populariza inovação no Connect Week com anúncio de investimentos e projetos
  • Ranking destaca ações sustentáveis das universidades estaduais; UEL lidera no Paraná
  • IAT fiscaliza pesca irregular e fecha cativeiro de aves no Centro-Oeste do Estado
  • Fomento Paraná e BDMG firmam acordo de cooperação técnica
  • Na data de hoje dia 21/06 o prefeito Osnei Stadler, recebeu cerca de 150 alunos da Escola Municipal Marcos Antoniu, a primeira escola do município a oferecer ensino em tempo integral.