Nossa Gente

Seu novo portal de notícias em Prudentópolis e região

Pastor é preso por estuprar a própria filha, de oito anos

23 de abril de 2018 às 18:17

Um pastor foi preso acusado de abusar da própria filha, de oito anos, em Arapoti, na manhã desta segunda-feira (23). A 5ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Paraná acatou o pedido do Ministério Público do Paraná (MPPR) e decretou a prisão preventiva depois que as investigações indicaram que o homem é o principal suspeito. Ele foi denunciado no mês passado pelo crime de estupro de vulnerável.

O Caso

De acordo com a denúncia protocolada pelo Ministério Público, o estupro aconteceu no início de 2007, na residência da família. No momento do crime, além da vítima e do réu, o irmão da criança, de dez anos, e a mãe estavam no local.

A Promotoria informou que a família percebeu o ocorrido e encaminhou a menina ao hospital, em Ponta Grossa. O suspeito nega o crime, mas as avaliações psicológicas, depoimentos, perícias e exames de DNA colhidos pelo MPPR formam indícios suficientes que provam que o pai é o autor do estupro.

Um boletim de ocorrência foi registrado e o Núcleo de Proteção à Criança e ao Adolescente Vítimas de Crimes (Nucria) iniciou as investigações, que foram protocoladas no Ministério Público.