Nossa Gente

Seu novo portal de notícias em Prudentópolis e região

Após decisão do TJ, sai mandado de prisão para o ex-deputado Carli Filho

25 de maio de 2019 às 08:58
De acordo com a decisão da Justiça, Carli Filho teve a pena reduzida em dois anos, diminuindo a condenação de 9 anos e 4 meses para 7 anos e 4 meses. Com isso, ele começará a cumprir diretamente do regime semi-aberto.

O Tribunal de Justiça do Paraná decidiu nesta sexta-feira (24) emitir o mandado de prisão do ex-deputado Luiz Fernando Ribas Carli Filho, culpado pelas mortes dos jovens Gilmar Rafael Yared e Carlos Murilo de Almeida, em 2009, durante um acidente de trânsito em Curitiba. Eles morreram na hora. Na ocasião, Carli Filho estava embriagado e dirigia com a carteira de habilitação cassada.

De acordo com a decisão da Justiça, Carli Filho teve a pena reduzida em dois anos, diminuindo a condenação de 9 anos e 4 meses para 7 anos e 4 meses. Com isso, ele começará a cumprir diretamente do regime semi-aberto. Os desembargadores julgaram o pedido da defesa do político para a diminuição da pena, por entenderem que a circunstâncias do crime são graves, mas elas já foram valoradas quando a decisão foi pelo homicídio doloso mesmo sendo um crime de trânsito, em que a regra, até então, era de homicídio culposo, quando não há intenção de matar. Por isso, o TJ decidiu por diminuir a pena.

Relembre o caso

O carro do ex-parlamentar, um Passat, decolou pela Rua Monsenhor Ivo Zanlorenzi, em Curitiba, no início da madrugada do dia 9 de maio. O veículo caiu o Honda Fit de Gilmar Yared, que entrava na pista pela Rua Paulo Gorski. O semáforo estava intermitente, com pisca amarelo para as duas ruas. Gilmar e Murilo morreram na hora. Carli Filho foi socorrido e passou cerca de um mês no hospital.

O então deputado dirigia em velocidade entre 161 km/h e 173 km/h, conforme apontaram laudos periciais feitos posteriormente. Eles estava com a carteira de habilitação cassada, com 130 pontos e 30 multas, sendo 23 por excesso de velocidade. Também ficou comprovado que Carli Filho estava alcoolizado.

Herdeiro de uma influente família da política paranaense, o ex-deputado tinha na época 25 anos. Hoje, se casou e leva uma vida discreta com a família em Guarapuava.

Fonte BANDA B